Games

Techland destaca 9 novidades presentes em Dying Light 2 Stay Human

A Techland, estúdio responsável por Dying Light 2 Stay Human, jogo que mistura parkour com zumbis, destacou recentemente algumas novidades que estarão presentes nesta sequência, incluindo uma mapa quatro vezes maior e escolhas que afetarão a sua exploração.

Dying Light 2 Stay Human chega no dia 7 de dezembro para PC, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One e Xbox Series X|S. Além disso, já no seu lançamento, o jogo contará com dublagem e legendas em português.

Sistema de parkour expandido

Os games às vezes impõem obstáculos ou paredes invisíveis para limitar o movimento do jogador. Dying Light trouxe um mundo verdadeiramente aberto que pode ser não só percorrido, mas escalado com uma eletrizante mecânica de parkour em 1ª pessoa. Dying Light 2 Stay Human amplia em muito os tipos de movimento de parkour, possibilitando, por exemplo, correr pelas paredes. O título ainda conta com a representação dentro do jogo de um dos ícones da modalidade, o francês David Belle.

Ambientação na “Idade Média Moderna”

Quase 20 anos se passaram desde o início da pandemia do vírus Harran ter derrubado a civilização humana, levando ao surgimento de uma Idade Média Moderna, na qual “cidades estado” se formaram nos telhados. Os desenvolvedores se basearam em acontecimentos reais da História, como a queda do Império Romano, para compor uma visão realista do tímido ressurgimento da civilização após um cataclisma.

Mais tipos de infectados especiais

Quem esquece o terror ao encontrar pela primeira vez um infectado especial em Dying Light? Pois prepare-se para morrer de medo de verdade Dying Light 2 Stay Human, que traz uma grande diversidade de novos infectados, que foram gerados após anos e anos de mutações pelo vírus. Como o Revenant, que emite uma nuvem tóxica que fortalece outros infectados; o poderoso Volatile, que persegue o jogador com agilidade única; ou a Banshee, que ataca com dedos longos e deformados e salta a alturas consideráveis para alcançar a sua presa.

O mundo muda conforme suas escolhas

Dying Light 2 Stay Human possui uma série de facções diferentes lutando pelo controle da Cidade. Os Peacekeepers são formados por ex-militares, e conquistam assentamentos pela força bruta; os Renegades são os antigos criminosos, sedentos por destruir as demais facções; já os Survivors são as pessoas comuns presas no fogo cruzado, buscando reconstruir a civilização e especialistas em produzir comida e recursos. Dependendo da facção com a qual o jogador se alinhar, a Cidade mudará visualmente, e as demais perderão espaço.

Mapa 4x maior que o original

A Cidade de Dying Light 2 Stay Human é provavelmente o último bastião da humanidade, formada nos restos de uma metrópole gigantesca cerca de 4x maior que o mapa original de Dying Light. Ao longo dos anos, a natureza lentamente se recuperou, formando verdadeiras florestas nos topos dos arranha-céus, enquanto o solo se tornou uma zona morta tóxica pelo vírus Harran.

Invasão de ninhos de infectados

A mecânica de dia e noite está de volta e expandida em Dying Light 2 Stay Human. Ainda é relativamente seguro cruzar a cidade de dia , mas à noite os infectados tomam as ruas para caçar. Isso, porém, deixa seus esconderijos vazios, permitindo que sejam explorados por jogadores corajosos em busca de algumas das melhores recompensas do jogo. O sistema de furtividade também foi ampliado, criando tensos momentos conforme o jogador navega em silêncio na escuridão.

Feito também pelos fãs

O jogo está sendo também criado pela própria comunidade graças ao Dying Light 2 Stay Human User Contest, concurso que oferece aos fãs a oportunidade de ganhar prêmios em dinheiro e até uma quantidade limitada de edições de Dying Light 2 Collector’s Edition. As inscrições, que já podem ser feitas no site oficial, podem ser feitas nas modalidades escrita, fan art e cosplay.

Já comece o jogo equipado

Imagine começar Dying Light 2 Stay Human já com um monte de conteúdo gratuito! Isso é possível através do site Techland GG, que traz recompensas como armas de Dying Light 2 Stay Human que já podem ser usadas em Dying Light, além de itens exclusivos para o segundo jogo. Como uma roupa única de seis partes para o protagonista Aiden, de Dying Light 2 Stay Human, que é coletada sequencialmente, peça por peça.

Dos games para os quadrinhos

Antes mesmo de seu lançamento, a história de Dying Light 2 Stay Human já começou a ser contada, com o quadrinho oficial Banshee: I Am The Cure, que narra os acontecimentos que levaram ao mundo de Dying Light 2 Stay Human. A HQ foi escrita pelo roteirista de Dying Light 2, Mariusz Pitura, com arte de Adam Markiewicz.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade