Segundo EA, os Online Passes não valeram o dano à imagem da companhia

A Electronic Arts fez uma declaração, por meio de Frank Gibeau, dizendo que a estratégia de colocar Online Passes nos seus jogos (ou seja, uma chave que permite acesso às partidas online deles) acabou não compensando devido ao dano que isso causou à imagem da companhia. Em outras palavras. sendo o próprio Gibeau, isso foi uma grande burrice.

“Nós não pretendemos colocar a estratégia de Online Passes no ar novamente. Você não vai precisar colocar códigos para liberar o seu jogo. Apesar da quantidade de dinheiro que se fez com essa estratégia, isso não compensou a frustração que os nossos consumidores sofreram e, pior, não compensou o dano que isso causou à imagem da companhia, então nós decidimos que esse tipo de estratégia realmente não vale a pena”.

Ainda segundo o representante da EA, a companhia não pretende agir como um homem das cavernas com uma clava em relação aos jogos usados. Que bom, não é? É uma pena que logo após o fim dos passes online, a Microsoft tenha anunciado um sistema bastante semelhante para eles no Xbox One e a Sony ter liberado as empresas de fazerem a merda que der na cabeça delas em relação a usados no PS4.

Vamos ver o que vai acontecer.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade