Categorias: Games

Rumores apontam que a Nintendo está banindo recursos online de jogadores suspeitos por pirataria

O Nintendo Switch tem sido alvo de tentativas de hacking bastante sérias há algum tempo, com várias problemas e vulnerabilidades aparecendo durante a sua curta vida útil.

Alguns meses atrás, um hacker elogiou os esforços da Nintendo em relação à segurança para o console, mas afirmou que está “completamente comprometida” devido à sua dependência do hardware Tegra da Nvidia.

E agora parece que a Nintendo já tomou um movimento ousado e potencialmente devastador para combater essas preocupações crescentes. Relatórios surgiram sugerindo que alguns cartuchos de jogos do Nintendo Switch usados ​​foram proibidos de acessar qualquer recurso online, um feito possibilitado graças às chaves de identificação únicas (ou certificados) associadas aos cartuchos individuais. Ao acessar recursos online com um jogo afetado, o seguinte código de erro é exibido.

Um dos problemas atuais de segurança do Switch permite que os hackers copiem dados dos cartuchos, permitindo que ROMs desses jogos sejam compartilhados na internet e passem por emuladores. A Nintendo pode rastrear essas cópias pirateadas de volta ao cartucho original graças ao seu certificado único, e todos os cartuchos que foram usados ​​dessa forma parecem estar recebendo banimentos instantâneos quando acessam recursos de rede, presumivelmente sendo detectados pela Nintendo.

É claro que punir os hackers que possuem a cópia original do jogo faz total sentido, e tirar seus privilégios online em resposta a software pirateado é mais do que compreensível, mas há mais problemas do que soluções com essa ação. Essencialmente, se um cliente inocente compra uma cópia usada de um jogo do Nintendo Switch, não há como saber se o jogo que ele está comprando foi usado ilegalmente no passado. Se tiver, o jogo não poderá acessar nenhuma funcionalidade online e o jogador será impedido de jogar.

Por exemplo, se um jogador comprar um jogo usado para PS4 ou Xbox One, este poderá jogar sem nenhum problema, mas no Switch o buraco é mais embaixo, pois este é um problema gritante tanto para a Nintendo quanto para o mercado de jogos de segunda mão em geral.

Com a Nintendo estando a poucos meses de entrar numa nova era pelas suas funcionalidades de jogos online, e com muitos dos seus jogos como Splatoon 2, Mario Kart 8 Deluxe e Super Smash Bros. Ultimate com funcionalidades online, um enxame de cartuchos proibidos circulando em lojas de segunda mão só causará problemas e transtornos para os clientes, assim como uma imagem ruim para a própria Nintendo.

Este website utiliza cookies