Roteirista de Dragonball Evolution pede desculpas aos fãs pelo péssimo serviço

Existem filmes que são uma verdadeira agressão aos olhos, e Dragonball Evolution talvez seja a melhor prova disso. O filme é tão ruim, que o único motivo que impede Akira Toriyama se remexer no túmulo toda vez que se alguém fala sobre esse assunto, é o fato de ele ainda estar vivo.

Derek Padula é um fã inveterado de Dragon Ball e no momento esta escrevendo um livro sobre o assunto. Foi ai então que resolveu entrar em contato com o escritor original do filme, Ben Ramsey, para tentar uma entrevista. Lá pelo meio da conversa o roteirista afirmou que gostaria de pedir desculpas pelo péssimo trabalho. Quem diria.

Ramsey afirma que Dragonball Evolution marcou sua vida de forma muito negativa, e que ter seu nome associado a algo tão injuriado globalmente é de revirar as tripas. O texto original pode ser conferido abaixo.

“Eu sabia que chegaria a isso um dia. Dragonball Evolution marcou um ponto criativo muito doloroso na minha vida. Ter algo com o meu nome nele como escritor que é globalmente detestado é doloroso. Receber mensagens me xingando por causa desse trabalho é de quebrar o coração. Eu tentei ignorar a culpa por muitos anos, mas no fim das contas, a culpa está em quem escreveu a história, e eu assumo total responsabilidade pelo desapontamento que o filme foi para muitos dos fãs. Eu fiz o melhor que eu podia, mas no fim dos dias, eu deixei a dragon ball cair.

Eu aceitei o projeto por causa do pagamento, não porque eu era fã da franquia, mas sim como um homem de negócios que recebeu uma tarefa. Eu aprendi que quando você começa uma tarefa criativa sem paixão, você acaba atingindo resultados abaixo do esperado, e as vezes consegue até produzir apenas lixo. Eu não culpo ninguém por Dragonball Evolution, a não ser eu. Como um fanboy de outras franquias, eu sei o que é esperar muito por algo e se decepcionar com isso.

A todos os fãs de Dragon Ball, eu peço as minhas sinceras desculpas.

Eu espero poder compensar essa decepção criando algo realmente legal e que seja algo pelo qual eu tenha paixão também. Esse é o único tipo de trabalho que eu faço agora.

Desejo o melhor a todos,

Ben”

Não é comum que roteiristas peçam desculpas por qualquer trabalho ruim que tenha feito, e a atitude de Ramsey mostra como deixar uma legião de fãs furiosos realmente pode marcar a vida de qualquer um.

Acredito que todos devamos perdoa-lo, mas que fique claro que jamais queremos ver algo do tipo sendo produzido novamente. Teje avisado, menino Ramsey.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade