Netflix afirma que Fortnite é o seu principal concorrente

Com a popularização dos serviços de streaming, nos últimos anos a Netflix vem ganhando alguns concorrentes de peso no mercado, como a HBO, a Amazon Prime Video e o vindouro Disney+.

No entanto, diferente do que todos imaginavam, em um relatório para os seus investidores, a Netflix afirma que um dos seus principais concorrentes é Fortnite, o popular jogo battle royale da Epic Games que vem crescendo cada vez mais.

A gigante do streaming afirma que embora tenha obtido um considerável espaço nas televisões, esse ganho não foi tão significativo nos smartphones.

“Nos Estados Unidos, ganhamos cerca de 10% do tempo do tempo de televisão e menos que isso na tela dos celulares. Nós obtivemos tempo de tela do consumidor, tanto no mobile quanto na TV, de um grande número de concorrentes.”

“Nós competimos com (e perdemos para) Fortnite mais do que a HBO… Há milhares de concorrentes nesse mercado altamente fragmentado que disputam o entretenimento dos consumidores.”

Por mais que inicialmente possa parecer estranho a Netflix disputar espaço com Fortnite, a argumentação da empresa faz total sentido. Hoje em dia, a batalha das plataformas de streaming não está centrada apenas no seu mercado, mas também pelo espaço disponível nas telas dos consumidores.

Dessa forma, mais do que competir contra a Amazon ou a Disney, a Netflix compete contra todos os outros aplicativos de entretenimento instalados em um smartphone ou um computador, incluindo Fortnite.

E vale lembrar que a indústria dos videogames é tão gigantesca quanto a da TV e do cinema. Em meados do ano passado GTA V se tornou o produto de entretenimento mais lucrativo da história, vendo mais de 90 milhões de unidades e tendo uma receita próxima de US$ 6 bilhões.

Assim, mesmo que no relatório a Netflix afirme possuir mais de 139 milhões de usuários, Fortnite recentemente bateu a marca de 200 milhões de jogadores, e esse número não dá indícios que vai diminuir.

João Victor Albuquerque

Formado em Sistemas de Informação, que no final da faculdade resolveu se meter nesse mundo do jornalismo. Apaixonado por joguinhos, filmes, animes e sempre atrasado com as séries.