Categorias: Games

Kojima fala sobre possíveis continuações de Death Stranding

Death Stranding chega ao PlayStation 4 no mês que vem e o diretor do game, Hideo Kojima, andou conversando sobre os planos que ele tem para o jogo. Kojima já havia dito que para ele, Death Stranding marca a criação de um novo gênero de jogos que ele chama de “jogos Strand“. Mas acontece que para o novo gênero ser melhor explorado, a necessidade de continuações de Death Stranding é uma possibilidade.

Em uma entrevista com a GameSpot, Kojima indicou que apenas Death Stranding pode não ser o suficiente para dar aos jogos Strand a vida e tendência que ele quer que o gênero tenha. Ele diz isso porque até mesmo ele, junto com os jogadores, continua explorando as possibilidades que o universo de Death Stranding pode ter.

“Eu não tenho certeza absoluta” disse Kojima quando lhe foi perguntado se Death Stranding viraria uma série. “A parte mais complicada é que, quando você cria algo novo, você tem que criar uma continuação e então uma terceira versão disso ou então essa criação não será definida como um gênero.”

“Quando esse jogo for lançado existirão vários prós e contras, e esses elementos podem se tornar a essência da parte principal, mas eu acho melhor dar continuidade à ideia em uma continuação.”

Enquanto Kojima parecia sugerir revisões para continuações de Death Stranding, ele notou que outros projetos também existiam.

“Sim, pelo menos até 1.5 e então 2, então, para que pelo menos ele ganhe espaço e as pessoas estejam cientes do novo gênero. Existem muitos outros projetos que surgem como dramas de TV e coisas do tipo.”

“O motivo pelo qual eu não posso dizer a definição dele é porque eu tenho apenas um corpo, e existem muitos projetos nos quais eu tenho que estar envolvido. E é muito difícil fisicamente para mim fazer muitas coisas ao mesmo tempo.” disse o diretor do game.

Kojima não teve vergonha em admitir publicamente que ele não entende completamente o game que criou considerando que a gameplay e a visão de mundo dele são coisas completamente novas.

Durante a entrevista, Kojima disse que a maior parte de Death Stranding é inspirada pelo conceito japonês de “omoiyari“, palavra que pode ser traduzida livremente por “compaixão por outros”. Ele explora várias maneiras que o omoiyari pode se manifestar, os sentimentos que ele pode inspirar e como tudo isso se manifesta no jogo.

Death Stranding teve uma presença marcante na Tokyo Game Show 2019, onde Kojima subiu ao palco várias vezes para demonstrar diferentes aspectos do jogo. Incluindo a gameplay principal de Death Stranding, que envolve fazer entregas. Além disso, Kojima mostrou o que os jogadores poderão fazer dentro da safe house do game, onde o protagonista Sam Bridges se recupera.

Death Stranding será lançado em 8 de novembro para PlayStation 4.

Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies