Jogos de lançamento do PlayStation 4 são avaliados pela revista Famitsu; Confira as notas

A publicação japonesa Famitsu está para lançar uma edição especial sobre o PlayStation 4 com mais de 40 páginas sobre o console que chega ao Japão no dia 22 de fevereiro. Além de um extenso guia de compras e diversas páginas sobre o console em si, a revista também avaliou todos os títulos de lançamento disponíveis para o console. Confira os escores dados abaixo:

  • Assassin’s Creed IV: Black Flag (PS4) – 9/9/9/9 [36/40]
  • Call of Duty: Ghosts (PS4) – 9/9/9/9 [36/40]
  • Dynasty Warriors 8: Xtreme Legends (PS4) – 9/10/9/9 [37/40]
  • Killzone: Shadow Fall (PS4) – 8/8/8/8 [32/40]
  • Knack (PS4) – 6/7/8/7 [28/40]
  • NBA 2K14 (PS4) – 9/9/9/9 [36/40]
  • Nobunaga’s Ambition: Creation (PS4) – 10/9/9/8 [36/40]
  • Resogun (PS4) – 9/8/9/7 [33/40]
  • Strider (PS4) – 9/8/8/9 [34/40]
  • Tomb Raider (PS4) – 9/9/9/10 [37/40]
  • Yakuza: Ishin (PS4) – 9/10/10/10 [39/40]

É interessante notar que os títulos com pior avaliação são os exclusivos do console feitos pela Sony, a saber, Killzone: Shadow Fall e Knack. Apesar disso, outros exclusivos do PS4 como Yakuza: Ishin e Nobunaga’s Ambition: Creation se deram bem, arrancando um 39 e um 36 respectivamente.

Só para comparar, parece que o PlayStation 4 vai ter um lançamento bem mais de respeito do que o PlayStation 3:

  • Sega Golf Club: 7, 7, 7, 7 [28/40]
  • Genji: 7,7,7,8 [29/40]
  • Resistance: 9,8,8,8 [33/40]
  • Gundam: Target in Sight (aka Crossfire): 8,8,8,8 [32/40]
  • Ridge Racer 7: 9,9,9,9 [36/40]

Além dos jogos de PS4, a revista ainda avaliou alguns outros títulos:

  • Chou no Doku: Hana no Kusari Taishou Tsuyakoi Ibun (PSV) – 9/9/7/7 [32/40]
  • Kuroko no Basuke: Shouri e no Kiseki (3DS) – 8/8/8/8 [32/40]
  • Shin Koihime Musou: Otome Taisen Sangokushi Engi (PS3) – 7/7/7/6 [27/40]
  • Strider (PS3) – 9/8/8/9 [34/40]
  • Yakuza: Ishin (PS3) – 9/9/10/10 [38/40]
Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade