Imagination Is The Only Escape é um jogo sobre o holocausto que precisa da sua ajuda

Imagine um jogo com o seguinte tema: você é um garoto judeu chamado Samuel e que vive em Paris com a sua mãe. Caso você tenha prestado atenção nas aulas sobre a Segunda Guerra Mundial, você sabe que os Nazistas invadiram a capital da França logo no começo da guerra. Bom, com isso dá pra saber que a vida de Samuel não é lá muito boa. Após a invasão, Samuel é obrigado a andar com a estrela de David costurada na sua roupa, para identificar que ele era judeu.

Tudo piora, porém, em 16 de julho de 1942, quando houve uma prisão em massa de judeus na cidade. Durante o caos das prisões, a mãe de Samuel diz para ele fugir da cidade, dando o endereço de um padre católico que poderia ajudá-lo a se salvar e rasga a estrela da roupa dele, para que ele não fosse identificado como judeu. A mãe de Samuel acaba sendo morta na frente dele, mas ele consegue fugir e encontrar o tal padre, após andar por uma Paris ocupada (e nada amigável a judeus) sozinho.

O padre e Samuel chegam ao sul da frança, numa vila isolada que está sendo usada para criar órfãos judeus de toda a frança disfarçados de crianças cristãs. A vida de Samuel está para recomeçar nessa vila quando ele encontra uma raposa, que diz que se ele ajudá-la, ele poderá encontrar-se com a mãe dele novamente.

Tocante (e pesado), não? Bom, essa é a sinopse de Imagination Is The Only Escape, um jogo indie que está em campanha de arrecadação de grana no Indiegogo. O jogo precisa de 125 mil dólares para sair do papel e tem cópias disponíveis à partir dos 10 dólares para PC e Mac.

Eu realmente não me recordo de muitos jogos sobre o holocausto. A Segunda Guerra Mundial em si já foi tratada à exaustão em FPS e todo mundo já encheu a cara do Hitler de tiros umas 20 vezes, mas, se vocês forem me perguntar, a ideia de viver um judeu fugindo dos nazistas me parece bem mais interessante.

Minha única ressalva quanto a esse jogo é o final. Será que Samuel vai morrer para poder encontrar a mãe dele de novo?

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade