Godfall – Game anunciado para o PS5 tem forte inspiração em Monster Hunter e Dark Souls

Anunciado durante o The Game Awards 2019, Godfall foi o primeiro game confirmado oficialmente para o PS5. Em adição a revelação inesperada, também foi revelado que o título contará com uma versão para PC’s, sendo estas as únicas plataformas envolvidas. Produzido pela Counterplay Games, o projeto se tornou alvo dos destaques na última edição da PlayStation Magazine.

Sendo assim, múltiplos detalhes interessantes foram revelados, e cada vez mais Godfall parece tomar uma forma atrativa para os jogadores. Por meio de um extenso artigo, a revista abordou detalhes referentes a produção e o intuito do game.

Em suma, Godfall pretende explorar uma temática que capta fortes referências de Monster Hunter: World e Dark Souls. Além disso, parte da equipe é composta por produtores que trabalharam em Destiny 2, e todos estão visando a melhor experiência possível a longo prazo. Inclusive, vale mencionar que o projeto está em desenvolvimento nas mãos de 75 pessoas.

Continuando com os detalhes, Dark Souls é descrito como uma influência direta se tratando do combate. No entanto, diferente do estilo souls que já conhecemos, Godfall almeja recompensar os jogadores mais agressivos, permitindo dano progressivo de acordo com o tempo dos combos executados. Desta forma, espancar seu adversário de forma aleatória pode não representar o potencial de seu personagem. E por falar nos personagens, o jogador terá a disposição 3 classes diferentes, cada qual com seus atributos particulares. De acordo com o artigo, o jogador encarna o papel de um dos últimos membros da Ordem dos Cavaleiros, e sua missão é impedir um evento apocalíptico.

Confira o vídeo vazado com gameplay:

Em termos de ambientação e confrontos épicos, Monster Hunter: World surgiu como a maior referência para o projeto. Além de permitir recompensas satisfatórias, também foi dito que Godfall trará consigo um bom leque de customização. Desta forma, os jogadores terão motivo suficiente para continuar aprimorando e investindo em seus personagens.

Se tratando dos “chefões“, a Counterplay alega que o título foi projetado para incluir um combate entre múltiplos personagens. Neste caso, um único chefão é capaz de nocautear dois jogadores ao mesmo tempo, e é necessário ter cautela. Desde sua própria criação, os inimigos mais formidáveis de Godfall foram projetados para lidar com múltiplos jogadores. Evidentemente, isso realça o quão desafiadora essa jornada será.

Infelizmente a PlayStation Magazine não aborda detalhes quanto ao lançamento do game, mas estipula que é um título unicamente exclusivo do PS5 (no âmbito dos consoles). Logo, não haverá uma versão do game para o PS4, e tampouco outra plataforma da geração atual. Com lançamento estipulado para o fim de 2020, nos resta apenas aguardar por novidades.

Guru

Guru é o cara que não sabe falar sobre outra coisa além de jogos e consoles. Ansioso pela nova geração, ele sonha ininterruptamente com o retorno de God Hand, Viewtiful Joe, Captain Comando e outros clássicos de porradinha sem freio. Possui um histórico considerável de vazamentos, rumores e teorias sem sentido que geram uma boa discussão.