Games

FIFA 20 – Partida oficial de um torneio foi decidida no “Pedra, Papel ou Tesoura”

Embora FIFA 20 tenha atraído um novo público para o game de sucesso da EA, a imagem geral do projeto nos mostra um amontoado de problemas que parecem apenas piorar. Recentemente, o game foi novamente alvo de uma polêmica embaraçosa, mas desta vez, o problema esteve diretamente ligado aos servidores do game.

Durante o fim de semana, dois jogadores profissionais de FIFA 20 foram obrigados a disputar uma partida de forma pouco ortodoxa. Ao invés do habitual confronto entre dois times, ambos os jogadores tiveram que decidir no “Pedra, Papel ou Tesoura” para descobrir quem avançaria para a próxima fase. Tudo isso porque, de acordo com os relatos, os jogadores não conseguiram parear seus dispositivos para iniciar um confronto direto. O jogador profissional Shaun Galea – patrocinado pela Red Bull – demonstrou seu descontentamento por meio de um tweet.

Em nota, a associação competitiva de FIFA 20 comentou sobre o caso, alegando que está “investigando para garantir que o caso não se repita“. Além disso, o comunicado também relata que ambos os jogadores se enfrentaram em uma partida oficial posteriormente.

É importante ressaltar que ‘Pedra, Papel ou Tesoura’ não eliminou nenhum dos participantes, tendo ambos competindo em partidas subsequentes e não avançando no torneio.

Contudo, esse incidente serviu para colocar FIFA 20 ainda mais em evidência – e não de uma maneira positiva. Nos últimos meses, diversos jogadores têm se queixado dos problemas com o servidor, e parece que a EA não pode mais ignorar tal situação. Recentemente, o jogador Donovan “Tekkz” Hunt – conhecido mundialmente – declarou que o game da EA não está compensando o tempo investido, e por isso, está cada vez mais afastando os jogadores profissionais.

Nos resta aguardar por novidades e torcer para que a Electronic Arts enfim tome as rédeas da situação caótica em que se encontra FIFA.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade