Categorias: E-Sports

Jogador de Hearthstone é banido depois de declarar apoio aos manifestantes em Hong-Kong

No início desta semana a comunidade de Hearthstone esteve no centro de uma grande polêmica envolvendo o jogador profissional Chung “Blitzchung” Ng Wai, que durante uma transmissão da Asia-Pacific Grandmasters declarou apoio as manifestações que estão ocorrendo em Hong-Kong.

Como consequência desse ato, a Blizzard considerou que o jogador violou as regras da competição e acabou o banindo por um ano.

No trecho da transmissão que você pode conferir abaixo, Blitzchung coloca uma máscara bem parecida com as utilizadas pelos manifestantes nos protestos, além de dizer a seguinte frase: “Libertem Hong Kong. Revolução da nossa era!”

Sabendo da repercussão que o ato do jogador traria, a Blizzard declarou que o jogador violou o seguinte artigo do livro de regras do torneio:

“Envolver-se em qualquer ato que, a critério da Blizzard, leve você a descrédito do público, ofenda parte do público ou danifique a imagem da Blizzard, resultará na remoção da Grandmasters e na redução total de prêmios do jogador para US$0”

Dessa forma, além de ser removido do campeonato Grandmasters, o jogador ainda teve toda a sua premiação anulada e foi banido de participar de qualquer outro torneio oficial de Hearthstone por um ano. Como se não bastasse, a Blizzard ainda acabou dispensando os dois comentaristas que estavam entrevistando o jogador, mesmo eles tentando esconder o rosto apos perceberam a declaração que o jogador faria.

Por fim, a Blizzard encerrou a sua declaração afirmando que “Embora todos tenham o direito de expressar os seus pensamentos e opiniões individuais, os jogadores e outros participantes que optarem por participar de nossas competições de e-sports devem cumprir as regras oficiais da competição”.

 

Este website utiliza cookies