CS:GO – Suécia ultrapassa os Estados Unidos e se torna o segundo país que mais arrecadou dinheiro em premiações

A Suécia ultrapassou os Estados Unidos e se tornou o segundo país que mais arrecadou premiações de Counter-Strike: Global Offensive. Eles assumiram essa posição depois da vitória da Fnatic na DreamHack Masters Malmo 2019, no domingo (6), quando eles ganharam US$100 mil (mais de R$400 mil).

Segundo o site eSports Earnings (que é especialista em contar quanto cada jogador e país já faturou no esporte eletrônico), a Suécia atingiu um total de US$9,286,457,95, ultrapassando os Estados Unidos, que está com US$9,267,753,94.

Além de ver os países que mais arrecadaram dinheiro em premiações, o eSports Earnings também serve para conferir os jogadores que mais receberam premiações em cada país. Por exemplo, na Suécia, o jogador que mais faturou foi Olof “olofmeister” Kajbjer, que não participou da conquista da DreamHack Malmo, mas já faaturou US$815,161,52 em premiações. Já no Brasil, o jogador que mais faturou foi o Epitácio “TACO” de Melo, com US$960,839,89. Agora como o jogador mais bem pago de todos os países está Andreas “Xyp9x” Højsleth, com US$1,587,421,90.

O próximo grande campeonato presencial de CS:GO será a StarSeries i-League Season 8, que acontecerá entre os dias 21 e 27 de outubro. Caso a Heroic vá bem nesse campeonato, a Dinamarca poderá chegar ainda mais perto do topo enquanto o Brasil tem chance dupla já que a MIBR e a FURIA participarão do torneio. Nenhum time da Suécia ou dos Estados Unidos participará do evento.

Antes da StarSeries, acontecerá a DreamHack Open Rotterdam 2019, que se passará entre os dias 18 e 20 de outubro com premiação de US$100 mil em jogo.

Giovanne Marrone

Apaixonado por games desde que se conhece por gente, Giovanne Marrone é redator no Critical Hits e se aprofunda nesse mundo gamer e aprende mais sobre ele todos os dias. Além disso, tem sede por competitividade em jogos FPS e faz lives com frequência.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade