EA muda sistema de progressão e caixas de Star Wars Battlefront 2 após ser acusado de ser pay to win

A Electronic Arts anunciou hoje que Star Wars Battlefront 2 terá uma mudança nos seus sistemas de caixas de loot e de progressão após ter sido acusado de ser um jogo pay to win durante o beta.

Num post da página oficial do jogo, a companhia detalhou as mudanças que foram feitas a esses sistemas baseado no feedback dos jogadores, mas a grande mudança é que se você pagar por uma caixa de itens do jogo, ela não vai te dar imediatamente armas mais fortes do que a dos outros jogadores, como muita gente temia que fosse acontecer.

Nessa mudança, as Epic Star Cards, as Star Cards do maior patamar, não ficarão disponíveis nas caixas do jogo, e só poderão ser obtidas ao serem craftadas, com exceção das cartas épicas que já haviam sido inclusas nos pacotes de pré-venda.

Para criar essas cartas, você vai precisar chegar num certo ranking, o que é obtido através do sistema de progressão do jogo. Ou seja, não será possível comprar uma penca de caixas, passar o rolo compressor por cima de todo mundo e imediatamente usar os materiais ganhos para criar esses itens.

Além disso, as armas do jogo ficarão travadas atrás de certas conquistas, obrigando o jogador a jogar o jogo para poder liberar essas armas. Quer desbloquear uma arma pesada? Jogue com outras armas pesadas para progredir nesse ranking e liberá-la, e assim por diante, o mesmo valendo para itens específicos para certas classes.

Ainda é cedo para dizer se Star Wars Battlefront 2 está salvo de ser um jogo Pay to Win, isso pareceu uma boa quantidade de passos na direção correta do jogo.

Star Wars Battlefront 2 chega ao PC, PS4 e ao Xbox One no dia 17 de novembro.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade