DRM em jogos usados vai depender das Third Parties no PS4

O presidente da Soni Computer Entertainment America, Jack Tretton, afirmou em entrevista à CVG que o DRM em jogos usados vai depender das third parties, mudando significativamente o que foi informado ontem em relação a isso na conferência de imprensa deles. Segundo ele, essa alternativa faz parte do esforço do PlayStation 4 de permitir que todas as companhias usem os seus respectivos modelos de negócios no console, por piores que eles sejam.

Para acalmar um pouco os ânimos, Tretton afirmou que isso não ocorrerá em jogos da Sony para o PS4. Segundo ele, a companhia vai suportar o modelo atual de negócios, onde você pode vender o seu jogo para quem você quiser e tudo mais. Ele ainda afirmou, novamente, que o console não precisa fazer verificações online de autenticidade, a exemplo do que acontecerá no Xbox One.

Outro ponto que vale a pena ressaltar é que o console será Region Free, exatamente como no Ps3, ou seja, vai dar para importar jogos de outros continentes sem grandes problemas, o que é muito bom, já que será possível aproveitar promoções de sites como Play Asia, Game, Mariio 128 etc.

O que dizer sobre isso? Puta que pariu, Sony, que balde de água fria. É por isso que a EA abandonou os Online Passes e tudo mais. Vamos ver que companhias vão seguir essa porcaria de modelos e quais vão estar do lado dos jogadores, mas essa informação por si só lá liga uma luz amarela em relação a como vão ser os direitos de propriedade na próxima geração.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por
Tags: DRME3 2013

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade