Dirge of Cerberus Remake? Square Enix renova marca do game

Originalmente lançado para o PlayStation 2 em 2006, Dirge of Cerberus foi parte da coletânea de conteúdo que envolve o universo de Final Fantasy VII. Além do game, o longa Advent Children e o próprio FFVII se tornaram obras icônicas para boa parte dos jogadores da época. Por meio da geração atual de consoles, a Square Enix trará Final Fantasy VII novamente, dividido em duas partes que abordam um formato inédito.

Contudo, parece que os Remakes podem ir além do esperado, e talvez Dirge of Cerberus esteja na mira da Square.

Recentemente, a Square Enix registrou uma nova marca para o título. De acordo com o Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos, o registro ocorreu no dia 14 de Janeiro, e desde então, não houveram atualizações.

Com Final Fantasy VII Remake em alta, há de se imaginar que a Square tenha interesse em tal retorno. De certa forma, a trajetória de Vincent também faz parte do decorrer de FFVII, e por conta disso, existe uma boa margem de exploração com relação a jornada do personagem. Mas não somente isso, como um formato atualizado do shooter em terceira pessoa poderia se mostrar atrativo para os jogadores da nova geração de console. Logo, existe total embasamento para considerar a possibilidade de um novo Remake.

Diferente dos jogos da época, Dirge of Cerberus seguiu um formato TPS com foco na ação ininterrupta. Embora seja criticado pelos fãs, o game serviu como uma dose de “ar fresco“, considerando o imenso investimento em RPG’s que ocorreu durante a era do PlayStation 2. Além disso, a aventura do enigmático Vincent também expandiu horizontes para a franquia, tornando Dirge of Cerberus um título único para a Square.

Infelizmente, não há como presumir quando Dirge of Cerberus pode retornar aos consoles.

Guru

Guru é o cara que não sabe falar sobre outra coisa além de jogos e consoles. Ansioso pela nova geração, ele sonha ininterruptamente com o retorno de God Hand, Viewtiful Joe, Captain Comando e outros clássicos de porradinha sem freio. Possui um histórico considerável de vazamentos, rumores e teorias sem sentido que geram uma boa discussão.