Diretor da Game Freak não descarta a possibilidade de um jogo de Pokémon com um mundo aberto

A franquia Pokémon já tem dezenas de jogos, dos mais variados tipos e em diferentes plataformas, no entanto, um sonho sempre presente no coração dos fãs é um game de Pokémon totalmente em mundo aberto.

Por mais que geração após geração os jogos da franquia principal sempre tragam novidades, o formato de um RPG em turnos semilinear sempre permanece o mesmo, mas isso pode em breve mudar.

Pelo menos foi o que indicou Junichi Masuda, diretor executivo da Game Freak, que revelou em entrevista ao Eurogamer. Quando perguntado se existe a possibilidade da criação de um jogo de Pokémon com um mundo totalmente aberto, aos moldes de The Legend of Zelda: Breath of the Wild e Super Mario Odyssey, Masuda, respondeu:

“Bem, você sabe, em geral, eu sempre quero encarar novos desafios e tentar fazer coisas novas com Pokémon. Você sabe que é uma questão diferente se os jogadores realmente vão gostar desse tipo de jogo, mas, na verdade, coisas como programar uma IA para que você reconheça Pokémon aparecendo no mundo real, ou maneiras diferente de apreciar o jogo, sempre são coisas meio que estou pensando em como abordar a série Pokémon de uma maneira diferente, então, nesse sentido, ainda existe essa possibilidade.”

Sem dúvida existem inúmeros desafios para a criação de um jogo de Pokémon em mundo aberto, no entanto, principalmente com Breath of the Wild a Nintendo mostrou que consegue inovar em jogos nesse estilo. E vale lembrar que um RPG da franquia principal de Pokémon está prometido para o próximo ano, quem sabe não é o nosso tão sonhado game de mundo aberto.

João Victor Albuquerque

Formado em Sistemas de Informação, que no final da faculdade resolveu se meter nesse mundo do jornalismo. Apaixonado por joguinhos, filmes, animes e sempre atrasado com as séries.