InícioGamesBlizzard processa criador de cheat para Overwatch

Blizzard processa criador de cheat para Overwatch

Lançar um jogo totalmente focado em partidas online não é tarefa fácil. Além de ter de criar um conteúdo interessante capaz de captar o interesso do público, a empresa responsável tem de dedicar tempo e dinheiro na manutenção dos servidores e da comunidade para que o game continue relevante, competitivo e interessante para os jogadores.

Um dos maiores problemas são justamente os programas trapaceiros ou “cheaters”, como são mais comumente conhecidos. Esses aplicativos permitem que usuários tirem vantagens indevidas, mas podem gerar o banimento da conta caso sejam detectados. Entretanto, até hoje não se tinha muitos registros de pessoas que tivessem sido punidas pela criação destes programas, mas parece que isso esta prestes a mudar.

A Blizzard resolveu processar o criador de um cheater para Overwatch que permitia visualizar a localização dos adversários a qualquer momento. O criador do aplicativo que atende pela alcunha de Bossland, foi acusado de infringir copyright, competição desleal e violação dos termos da DMCA. A Blizzard ainda acusa Bossland de ter destruído a integridade dos seus jogos, já que os aplicativos criados por ele ainda causam prejuízos sérios a empresa todos os dias.

Pode até parecer uma atitude exagerada para alguns, mas pessoalmente eu acredito que foi uma decisão bem acertada por parte da Blizzard. Talvez assim esse “mercado paralelo” de cheaters comece a diminuir e as pessoas que tem interesse em jogar sem uso de trapaças tenham um pouco mais de sossego.

João Víctor Sartor
João Víctor Sartorhttp://criticalhits.com.br
João Víctor Sartor é colaborador e sex-symbol do Critical Hits. Admirador das boas histórias, almeja de verdade escrever um livro algum dia. Divide seu tempo entre à leitura, jogatina, trabalho, engenharia e quando sobra tempo, vive.