5 dos momentos mais agoniantes de todos os tempos em jogos de videogame – parte 4

Fala, galera, tudo bom com vocês? No artigo de hoje, vamos continuar a fazer os nossos leitores terem aquele frio nos ossos com mais uma série dos momentos mais agoniantes dos jogos. Pronto para testar seus nervos de aço?

As mortes de Silent Hill 4

Silent Hill 4 é um jogo com vários personagens importantes morrendo, alguns de maneira pior do que os outros, mas para evitar a polêmica do faltou esse, ou faltou aquele, catei um vídeo com todas as mortes mesmo.

A tortura

Há várias cenas de tortura espalhadas por aí no mundo dos games, mas eu acredito que essa seja uma das mais chocantes porque é o Trevor quem a está conduzindo e o cara é completamente fora da casinha. Ele até se diverte arrancando dentes.

Wei Chen leva a pior

Sleeping Dogs é uma franquia nova muito boa por parte da Square Enix. O jogo foi muito bem construído e essa é uma das melhores passagens dele, que acontece lá pelo finzinho da campanha.

Encontrar o Nemesis por aí

Quem aí já jogou Resident Evil 3: Nemesis? O jogo está datado pra caramba atualmente, mas continua com uma situação que desperta agonia até hoje: encontrar o Nemesis percorrendo Raccoon City. Eu não sei vocês, mas ele sempre conseguia me encontrar quase sem munição ou vontade de enfrentá-lo, ou, pior, os dois.

Consertando o braço de Solid Snake

O Snake quebrou o braço. Não tem ninguém pra colocar ele de volta no lugar, adivinhe que Snake vai ter que fazer isso? Exatamente, agora imagine a dor que ele deve ter sentido na hora.

Que outros momentos vocês lembram do tipo? Lembrando que a agulha no olho de Dead Space 2 está na primeira parte, antes que alguém resolva comentar sobre isso.

Gostou? Confira as outras partes do artigo

Parte 1 – Parte 2 – Parte 3

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade