Cinema e TV

Showrunner de The Walking Dead explica a decisão de matar um dos personagens mais importantes da série

O texto abaixo contém spoilers da 8ª temporada de The Walking Dead

O mais recente episódio de The Walking Dead foi extremamente emocionante, especialmente porque foi a despedida de Carl, um dos poucos personagens do início da série que continuava vivo na trama.

Desde o episódio passado já sabíamos que ele havia sido mordido por um zumbi e seu destino já estava traçado. Entretanto, esse acontecimento não foi muito bem recebido por alguns fãs, principalmente porque o personagem continua vivo na HQ em que a série é baseada.

Em uma entrevista ao TV Line, Scott Gimple, showrunner da série, explicou porque resolveu manter essa controversa decisão.

“Queríamos contar uma versão da história dos quadrinhos que mantivesse os sentimentos semelhantes ao que você teria quando lesse o [material original], mas de maneiras diferentes, de modo que o público dos quadrinhos não estivesse esperando o que fosse acontecer. Nós planejamos continuar avançando também – às vezes trazendo momentos da HQ de forma literal e às vezes de maneiras bem diferentes, com o objetivo de elevar a mensagem de alguma forma. A morte de Carl caiu nessa [categoria]. Isso, em diversos aspectos, é uma espécie de fim de uma era para The Walking Dead e o início de uma nova.”

Quando perguntado o motivo de Carl ser o escolhido para essa ingrata tarefa, Gimple respondeu:

“Precisava ser uma pessoa que levasse o mundo em uma determinada direção, que tivesse uma determina mensagem. Essa mensagem pode até ser negada, mas nós queríamos que ela tivesse um peso de vir deste jovem herói nas circunstâncias mais graves. E [sua morte] pode mostrar que este mundo ainda é o mundo de The Walking Dead, onde essas coisas acontecem. Não seria tão grave [se acontecesse com outro personagem].”

O próximo episódio de The Walking Dead será exibido pelo canal FOX no domingo dia 04 de março.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade