Cinema e TV

Segundo episódio de Falcão e o Soldado Invernal revela a origem do novo Capitão América

Não é fácil substituir um símbolo. E é exatamente o que a série Falcão e o Soldado Invernal pretende fazer ao introduzir um novo Capitão América, no lugar do nosso tão amado – e já aposentado – Steve Rogers.

Depois de um primeiro episódio memorável em termos de estreia, a série conseguiu agradar novamente ao abordar a história por trás da origem do novo Capitão América no episódio desta semana.

Cuidado, vamos falar de spoilers daqui em diante. Você foi avisado!

Neste segundo episódio a Disney tem a árdua missão de tentar nos fazer conectar com John Walker, o proposto substituto de Steve Rodgers e novo Capitão América. A proposta é simples: é pra ser diferente e a mesma coisa, ao mesmo tempo.

Walker é um soldado dedicado e sua história mostra que ele foi o único soldado americano a obter a Medalha de Honra três vezes em sua carreira. Ele também foi avaliado pelo exército americano e constatou-se que seu corpo encontrava-se no pico das habilidades mentais e físicas, o que o tornava o candidato perfeito para substituir Rogers.

O problema é que Walker não tem o mesmo “trato” que Steve Rogers, e isso fica bem evidente tanto nos quadrinhos, quanto na série. Depois de mostrar toda a sua habilidade em um confronto contra alguns vilões, Walker deixa Apátrida fugir e se frustra com o resultado. Logo após o ocorrido, conseguimos ver o novo Capitão América avisando Falcão e o Soldado Invernal para que fiquem fora de seu caminho, dando o tom de confronto entre os heróis ao longo desta nova série.

Sendo assim, temos tudo para acreditar que as coisas seguirão de fato o que já aconteceu nos quadrinhos. Mal posso esperar para ver como essa rusga entre os dois antigos companheiros de Steve Rogers e o novo Capitão América vai terminar.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade