Categorias: Cinema e TV

Roteirista de Pantera Negra acredita que o primeiro Homem de Ferro não faria o mesmo sucesso se fosse lançado hoje em dia

O primeiro Homem de Ferro lançado em 2008 foi o primeiro filme do MCU, e o seu incrível sucesso serviu como principal pilar para a construção desse rico universo da Marvel nos cinemas.

Entretanto, em um painel da SXSW 2018, o co-roteirista de Pantera Negra, Joe Robert Cole, acredita que se o Homem de Ferro lançado a 10 anos atrás fosse produzido hoje, talvez ele não teria a mesma recepção.

Cole argumenta que incialmente Tony Stark foi apresentado, como um milionário esnobe, que por diversas vezes é desrespeitoso com mulheres e querendo ou não ainda é um comerciante de armas.

“Pense no momento que estamos agora, com esse presidente insípido e ignorante e o nosso mundo está quebrando por causa disso. Pense em Tony Stark, ele é meio babaca e está tudo bem. Se esse personagem, Stark, fosse criado no mundo de hoje, eu me pergunto se a resposta seria a mesma de ‘Oh, é legal que ele é violento e desrespeitoso com mulheres… tudo bem.’ Eu acho que estamos em um lugar diferente. E acho que é um lugar melhor.”

Concordando ou não, a afirmação de Cole faz bastante sentido, já que realmente Tony Stark não era o melhor exemplo de super-herói que podíamos ter. Felizmente nesses 10 anos a Marvel soube trabalhar melhor a sua personalidade, mantendo ainda seu lado sarcástico, mas sem se tornar ofensivo.

O próximo filme do MCU é Vingadores: Guerra Infinita, que será a reunião definitiva de todos os heróis da Marvel, contra a eminente ameaça de Thanos que deseja reunir as Joias do Infinito e dominar o universo.

O longa é dirigido pelos irmãos Russo e chega aos cinemas do Brasil no dia 26 de abril de 2018.

Este website utiliza cookies