Categorias: Cinema e TV

Rian Johnson explica o motivo de ter cortando tantas cenas de Finn em Star Wars: Os Últimos Jedi

Com o lançamento do Blu-ray e DVD de Star Wars: Os Últimos Jedi estamos começando a ver algumas das cenas que não entraram na versão final do filme.

Sem dúvida um dos personagens que mais sofreu com as cenas cortadas foi Finn (John Boyega), que teve diversos momentos épicos suprimidos. Um deles foi uma cena alternativa da sua luta com a Capitã Phasma, que além de dar um fim mais digno para personagem, mostra que como Finn está lutando bem melhor.

Você pode conferir essa cena abaixo:

Em entrevista ao Digital Spy, Rian Johnson, diretor do filme, explicou do personagem ter tido tantas cenas deletadas.

“Muitas das cenas de Finn cortadas eram material conectivo. Por exemplo, há uma cena em que ele está na nave, e o BB-8 chega e mostra uma gravação da Rey se despedindo dele. É quando ele decide: ‘Oh meu Deus vou salvar a Rey’. Uma cena como essa é totalmente adorável. Mas uma vez que percebemos que poderíamos retirá-la e o público saberia que ele está indo salvar a Rey, de repente você não pode justificar o motivo da cena está ali.”

“Eu acho que ao contrário da Rey, que tem longas sequências na ilha (Ahch-To) com Luke – com Finn a história é um pouco diferente e mais complicada, então haviam pequenas cenas como aquelas em que falávamos, ‘Oh, nós podemos fazer sem  isso, podemos fazer sem aquilo’, e  o arco do personagem ainda vai se suportar.”

A justifica de Johnson é realmente bem plausível, já que geralmente o corte do diretor tem quase 3 horas e na verdade poucas coisas foram retiradas de Os Últimos Jedi, já que a versão final tem 2 horas e meia, sendo o filme mais longo da franquia.

O Blu-ray e DVD de Star Wars: Os Últimos Jedi já está à venda.

Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies