James Gunn é demitido da Disney

A Walt Disney Studios anunciou nesta sexta-feira (20) que está cortando as relações com James Gunn, diretor que estava trabalhando em Guardiões da Galáxia vol. 3.

Segundo o The Hollywood Reporter, a decisão da Disney ocorreu após a repercussão de alguns tweets antigos de Gunn, que datam de 2008 a 2011, onde o diretor faz piadas envolvendo pedofilia e estupro.

Confira alguns dos tweets abaixo:

Em declaração ao THR, Alan Horn, presidente da Walt Disney Studios, explicou que as declarações do Twitter de Gunn são indefensáveis.

“As atitudes e declarações ofensivas descobertas no feed do Twitter de James são indefensáveis e inconsistentes com os valores do nosso estúdio, e nós rompemos o nosso relacionamento comercial com ele.”

Gunn obviamente deletou os tweets, mas fez uma thread se desculpando pelas piadas ofensivas.

“Para deixar registrado, quando eu fiz essas piadas ofensivas, eu não viva essa realidade. Eu sei que é uma afirmação meio estranha, e parece obvia, mas ainda assim, aqui estou eu, dizendo isso.”

“De qualquer forma essa é a verdade completamente honesta: Eu costumava fazer um monte de piadas ofensivas. Não as faço mais. Eu não culpo o meu passado por isso, mas me sinto mais humano e criativo hoje. Amo todos vocês.”

O roteiro de Guardiões da Galáxia vol. 3 já estava escrito e as gravações estavam programadas para começar no final do ano. Com a saída de Gunn, ainda não sabemos como ficará o projeto.

João Victor Albuquerque

Formado em Sistemas de Informação, que no final da faculdade resolveu se meter nesse mundo do jornalismo. Apaixonado por joguinhos, filmes, animes e sempre atrasado com as séries.