Categorias: Cinema e TV

Este elemento de Homem-Aranha: Longe de Casa pode ser o responsável por introduzir os X-Men e o Quarteto Fantástico no MCU

ATENÇÃO: ESTE POST CONTÉM SPOILERS DE VINGADORES: ULTIMATO

O novo trailer de Homem-Aranha: Longe de Casa mostra pela primeira vez como será o mundo após os eventos de Vingadores: Ultimato, e teremos muitas consequências a serem enfrentadas pelos personagens do MCU.

Além de lidar com a morte de Tony Stark, Peter Parker está tendo que enfrentar o fato de que agora ele faz parte dos Vingadores e será acionado sempre que uma ameaça for detectada.

E é justamente isso que acontece: Nick Fury busca ajuda do Amigão da Vizinhança para resolver uma ameaça que veio de outra realidade – os Elementais. Junto dessas criaturas quem também chega é Mystério, e dessa forma é introduzido no MCU o conceito de Multiverso, tão comum nas HQs.

Tanto o estalar de dedos do Professor Hulk – responsável por trazer de volta à vida aqueles que foram transformados em pó pelo estalo de Thanos – quanto o estalar de dedos do Homem de Ferro – responsável por dar um fim em Thanos, na Ordem Negra e no seu exército, causaram instabilidades no tecido da realidade abrindo passagem para outras realidades, outros universos.

É justamente esse conceito de Multiverso que pode ser o responsável por trazer os X-Men e o Quarteto Fantástico para o MCU. Para quem não se lembra, as duas equipes pertenciam à Fox, mas agora com a compra da Fox pela Disney consumada, o caminho para a chegada desses poderoso personagens ao MCU fica aberto.

Kevin Feige, presidente do MCU já declarou que não pretende aproveitar os atores e nem a forma como a Fox desenvolveu os personagens dos X-Men e do Quarteto Fantástico – ele quer contar a própria história deles. Dessa forma, o caminho mais comum a se seguir seria fazer filmes de origem desses heróis, entretanto, não é algo que desperte interesse da Marvel.

Com artifícios de roteiro como o Multiverso, seria possível trazer esses dois importantes grupos de heróis para o MCU sem a necessidade de contar novamente suas origens de forma arrastada. A energia dissipada pelos estalos e responsável por quebrar o tecido da realidade, poderia, por exemplo, ser o responsável por criar alterações genéticas em seres-humanos em outra realidade, dando origem aos X-Men.

Da mesma forma tal energia poderia ser a responsável por dar os poderes aos membros do Quarteto Fantástico em outra realidade. Dessa forma, em um jogo rápido de poucas cenas e algumas linhas de diálogo suas origens ficariam resolvidas dentro do MCU e eles poderiam passar a integrar o time de heróis dos Vingadores além de terem suas próprias histórias sendo desenvolvidas dentro do universo principal.

Vale dizer também que Reed Richards, o Senhor Fantástico, é de longe a mente mais brilhante de todo o Universo Marvel das HQs, e ele é uma das poucas pessoas que domina a forma de se transitar entre as diferentes realidades do Multiverso.

E com os X-Men e o Quarteto Fantástico importantes antagonistas também viriam: Doutor Destino (que também é bastante ligado ao conceito de Multiverso), Galactus, Surfista Prateado, Apocalipse e muitos outros.

A verdade é que com a confirmação de que o Multiverso existe, as portas para a chegada dos X-Men e do Quarteto Fantástico estão mais abertas do que nunca. Fica a expectativa para ver como Kevin Feige e a Marvel vão lidar com esses elementos e como trarão esses importantíssimos heróis para sua realidade.

Este website utiliza cookies