Estas foram as maiores confusões de bastidores de Grey’s Anatomy

Grey’s Anatomy se tornou bastante conhecida do público pelos seus episódios dramáticos e suas mortes dolorosas, mas o que talvez muitos fãs não saibam é que o show também é bastante famoso pela quantidade de brigas de bastidores que já teve!

Diversos atores e atrizes saíram da série por causa de confusões que rolaram longe das câmeras, e nós montamos uma lista com alguns dos maiores desentendimentos que já aconteceram. Confira! 

Isaiah Washington (Preston Burke)

Isaiah Washington, o Dr. Preston Burke, protagonizou um dos casos mais famosos de brigas de bastidores do show. O ator foi demitido de Grey’s Anatomy no final de sua 3ª temporada, e segundo as notícias que se espalharam na época, o motivo teria sido uma briga com o ator Patrick Dempsey (Derek Shepherd).

Durante a discussão, Isaiah teria usado uma expressão homofóbica para se referir a T.R. Knight (George O’Maley), outro ator do show, e a situação teria provocado uma enorme consternação entre o elenco. Pouco tempo depois, Knight veio a público contar que era homossexual e Isaiah foi demitido da série.

O ator chegou a reaparecer como convidado especial na 10ª temporada, mas, no ano passado, uma nova versão da história veio à tona. Segundo rumores, o desligamento de Isaiah estava relacionado principalmente aos strees que havia entre ele e Patrick Dempsey, já que o ator, inicialmente, faria o papel de Derek, mas acabou perdendo o personagem para Patrick.

T.R. Knight (George O’Malley)

George O’Malley era queridinho de muitos fãs do show, mas nem isso foi o suficiente para fazer com que T.R. Knight permanecesse em Grey’s Anatomy. Durante a 5ª temporada, o ator – que chegou a ser indicado ao Emmy pelo seu trabalho no seriado -, começou a perder espaço na trama, aparecendo cada vez menos nos episódios.

A comunicação entre ele e Shonda Rhimes, criadora de Grey’s, também andava bastante complicada, e isso fez com que Knight abrisse mão do personagem e pedisse para sair. Coincidência ou não, George O’Malley teve uma das mortes mais dolorosas de Grey’s Anatomy, até hoje lembrada com bastante tristeza pelos fãs.

Katherine Heigl (Izzie Stevens)

Em 2007, Katherine Heigl era uma das maiores estrelas de Grey’s Anatomy. Além de ter ganho um Emmy de melhor atriz coadjuvante pelo seriado, a atriz estava em crescente destaque nos episódios, conquistando cada vez mais o público com sua personagem Izzie Stevens. 

Sua situação nos bastidores, no entanto, começou a mudar pouco tempo depois, quando Heigl passou a reclamar das condições de trabalho do seriado, falando sobre o assunto, inclusive, nas entrevistas que concedia.

Uma relação não muito agradável entre ela e Shonda Rhimes se instalou por trás das câmeras, e o estopim da confusão aconteceu quando Katherine não quis ser indicada ao Emmy novamente, alegando que a produção havia lhe concedido material insuficiente para ser nomeada.

O estrago estava feito e a atriz acabou sendo demitida da série.

Patrick Dempsey (Derek Shepherd)

A mais recente confusão de Grey’s Anatomy aconteceu em 2015, quando Patrick Dempsey, protagonista da série ao lado de Ellen Pompeo, saiu do show.

Segundo alguns tablóides americanos, Dempsey – que já tinha um certo stress com Ellen Pompeo fora das câmeras -, estava causando desconforto entre o elenco devido a alguns ataques de estrelismo que vinha cometendo.

Shonda Rhimes, por sua vez, cada vez mais incomodada com a situação, resolveu matar o personagem de Dempsey no seriado (na época, causando uma grande revolta do público) e cancelar o contrato do ator. Um passo ousado, que levou a série por outros rumos e deu a Pompeo ainda mais protagonismo na história.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade