Categorias: Cinema e TV

Esta teoria sobre o Rei da Noite pode mudar todo o rumo da guerra em Game of Thrones

Cada novo episódio da oitava temporada de Game of Thrones parece trazer mais perguntas do que respostas. O segundo episódio trouxe toda a preparação para a Batalha de Winterfell, mas alguém muito importante não apareceu no fim do episódio, e nem na prévia do terceiro.

É claro que estamos falando do Rei da Noite, líder dos Caminhantes Brancos e grande vilão de Game of Thrones. Apesar do exército dos mortos estar nas portas de Winterfell pronto para atacar, o Rei da Noite não foi visto em lugar nenhum, e isto levou alguns fãs a pensarem numa teoria que faz bastante sentido.

Segundo esta teoria, o Rei da Noite não participará da Batalha de Winterfell, pois estará indo com boa parte do seu exército diretamente para o sul, na direção de Porto Real. Usando um pedaço de seu exército como uma distração, o Rei da Noite pode estar prestes a atacar a capital de Westeros, já que ela é a cidade mais populosa de todo o reino.

Caso saia vitorioso e conquiste Porto Real, o Rei da Noite teria um exército de mais de um milhão de pessoas ao seu dispor, tornando-o praticamente invencível. Pode parecer que esta teoria surgiu do nada, porém existem algumas cenas que ajudam a embasá-la.

No final da segunda temporada, Daenerys teve uma visão da sala do Trono de Ferro completamente destruída e repleta de neve. Além disso, Bran teve uma visão que mostrava a sombra de um dragão sobrevoando Porto Real, na quarta temporada. Enquanto muitos imaginam que este seja um dos dragões de Daenerys, ele pode acabar sendo Viserion, o dragão revivido pelo Rei da Noite na sétima temporada.

O fato do Rei da Noite não ter aparecido no final do segundo episódio e na prévia do terceiro só torna esta teoria ainda mais plausível. Mas o que vocês que acham que vai acontecer no terceiro episódio da oitava temporada de Game of Thrones? Deixem nos comentários.

Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies