Categorias: Cinema e TV

Entenda como The Office quase transformou Michael em um assassino

Baseada na série britânica de mesmo nome, The Office estreou em 2005 com a inusitada proposta de fazer comédia no estilo de um pseudodocumentário acompanhando o cotidiano dos funcionários em um escritório na Pensilvânia. A série foi um enorme sucesso e ficou no ar por nove temporadas, sendo considerada uma das melhores sitcoms dos últimos anos.

Embora já tenha estreado com um grande elenco, o papel de Steve Carell como Michael Scott sem dúvida foi um dos grandes destaques, mas recentemente em uma entrevista ao The Guardian, Greg Daniels, o showrunner da série, revelou um inusitado fato sobre a sua produção, quando precisou impedir que os roteiristas transformassem Michael em um assassino.

Junto do produtor Mike Schur, e das estrelas Mindy Kaling (Kelly Kapoor) e B.J. Novak (Ryan Howard), Daneils afirmou que em alguns momentos precisou interferir nas ideias da sala dos roteiristas, especialmente quando eles queriam tornar a trama mais sombria.

“Houve momentos em que [os roteiristas] se apaixonaram tanto com uma piada, que eu precisava ser um pouco mais firme. Por exemplo, eles realmente queriam que Michael matasse Meredith com o seu carro. Isso ocorreu logo nas ideias iniciais do pitch, onde ele a atropelaria no estacionamento e depois voltaria com um ferro de passar para terminar o trabalho. Eu fiquei tipo ‘Vocês não pode fazer isso, isso é loucura!’”

Caso você não esteja lembrado, Michael bate em Meredith com um carro logo no começo da quarta temporada, e esse acaba sendo um dos principais plots dos episódios seguintes. No entanto, fazer Michael matar Meredith realmente parecia um pouco exagerado e poderia mudar completamente o tom do personagem e da série como um todo.

Todos as temporadas de The Office estão disponíveis no Amazon Prime Video. Recentemente, Steve Carell estreou outra série em colaboração com Greg Daniels, Space Force, que está disponível na Netflix

Confira também:

Este website utiliza cookies