Autor de The Witcher preferiu não se envolver na produção da série por motivo inusitado

Escrever um livro não é tarefa fácil. Escrever uma série de sucesso então, é para muito poucos.

Mas Andrezej Sapkowski não só conseguiu esse feito como também conseguiu ver seu personagem sendo um dos mais cultuados no mundo nos últimos tempos.

Inicialmente ele não acreditava que vender os direitos de The Withcer à CD Projekt RED traria algum benefício, mas foi graças ao trabalho da desenvolvedora que Geralt of Rivia tornou-se tão popular.

Na verdade a popularidade do personagem alcançou níveis tão altos que a Netflix resolveu fazer uma série sobre The Witcher. Porém, Andrzej Sapkowski resolveu manter-se fora da produção por um motivo no mínimo justo: o autor não gosta de trabalhar.

Segundo o próprio autor em entrevista ao site io9, o pedido de não participar da produção partiu dele próprio, pois ele não aprecia trabalhar muito ou por muito tempo.

Sapkowski também afirmou acreditar na liberdade de expressão do artista, e que por esse motivo resolveu não se impor na visão que a equipe de produção teria acerca do seu trabalho. Por fim, o autor disse que poderia fazer o papel de conselheiro quando necessário, caso fosse solicitado.

Vale lembrar que Andrezej Sapkowski vendeu os direitos da série para a CD Projekt RED por um valor irrisório e posteriormente se arrependeu devido ao grande sucesso dos jogos.

Provavelmente o autor espera agora colher os frutos do seu trabalho, recebendo dinheiro pela exploração dos direitos de The Witcher. E tá errado?

João Víctor Sartor

João Víctor Balestrin Sartor é colaborador e sex-symbol do Critical Hits. Admirador das boas histórias, almeja de verdade escrever um livro algum dia. Divide seu tempo entre à leitura, jogatina, trabalho, engenharia e quando sobra tempo, vive.

Este website utiliza cookies