Ator explica os verdadeiros motivos que levaram Jaime Lannister a tomar as decisões que o personagem tomou na Oitava Temporada de Game of Thrones

A temporada final de Game of Thrones foi recheada de polêmica, principalmente envolvendo o desenvolvendo dos seus personagens e algumas decisões que não faziam muito sentido.

Talvez um dos que mais sofreu com isso foi Jaime Lannister, que após toda a construção do seu arco de redenção acabou sucumbindo novamente ao doentio amor pela sua irmã, abandonando Brienne e indo morrer nos braços de Cersei em Porto Real.

Além de frustrar uma das mais populares teorias do valonqar, a decisão do personagem não agradou muito boa parte dos fãs, mas agora, o próprio Nikolaj Coster-Waldau, falou um pouco sobre o que achou do desfecho de Jaime (via Comicbook).

O ator afirma que o grande ponto de virada do seu personagem ocorreu especificamente na fala de Sansa, quando ela foi informada que Daenerys realmente atacaria Porto Real.

“Então Sansa diz: ‘Eu sempre quis estar lá quando eles executarem a sua irmã’. Ele sabe que Cersei provocou muito Daenerys, e ela subestimou o seu inimigo – geralmente Cersei é a única subestimada.”, disse Coster-Waldau à HBO. “Toda a sua vida tem sido sobre tentar proteger Cersei, e tentar estar perto dela. Ele a ama – e é um amor incondicional, é impregnado nele. Jaime e Bronn estavam juntos quando o exército Lannister foi atacado pelos dragões – eles viram de perto o que Dany é capaz de fazer. Se você está contra dragões, você vai morrer.”

Sobre o sentimento de Jaime por Brienne, Coster-Waldau explica que era algo diferente, mas que o seu personagem estava destinado a ter um final trágico.

“Em um mundo diferente, Jaime ficaria com Brienne. O que ele tem com Brienne é algo diferente – é um amor muito puro e inocente. Há uma parte dele que deseja que ele não seja quem ele realmente é. É uma daquelas coisas que fazemos em Game of Thrones. Você tem essa ideia do que você quer que esses personagens façam – e supostamente eles acabariam bem, eles passaram por tantas coisas juntos – mas não é assim que as coisas funcionam. A mais extrema de todas essas cenas ocorreu algumas temporadas atrás, quando Myrcella diz a Jaime que ela sabe que ele era o seu pai, e estava feliz por ele estar ali. Então, ele tem esse momento de felicidade, e alguns segundos depois ela morre em seu braços.”

Por fim, o ator lembra que a sua morte nos braços de Cersei não foi necessariamente uma surpresa. “Bronn pergunta a ele: ‘Como você quer morrer? E Jaime responde: ‘ Nos braços da mulher que amo. E é onde ele morre”.

Lembrando que atualmente existem três projetos de spin-offs da série, sendo dois ainda em fase de roteirização e um chamado “Bloodmoon” que já foi aprovado para produção do seu  episódio piloto. Esse último projeto foi escrito por Jane Goldman com a ajuda do próprio Martin, e se passará mais de 5 mil anos antes dos evento das Crônicas de Gelo e Fogo, se focando na Era dos Heróis e mostrando desde os horripilantes segredos da história de Westeros até a verdadeira origem dos Caminhantes Brancos.

João Victor Albuquerque

Formado em Sistemas de Informação, que no final da faculdade resolveu se meter nesse mundo do jornalismo. Apaixonado por joguinhos, filmes, animes e sempre atrasado com as séries.