Categorias: Cinema e TV

Ator de The Walking Dead confirma que o personagem dele viveu um romance gay na série

Embora a série de The Walking Dead não tenha adaptado o relacionamento amoroso vivido por Aaron e Jesus, que existe na história da HQ, os atores Ross Marquand e Tom Payne decidiram que os seus personagem realmente estavam se envolvendo durante o salto temporal que ocorreu após a desaparecimento de Rick Grimes.

A informação foi compartilhada pelo próprio Ross Marquand durante um painel na Comic-Con Paris (via Comicbook).

Confira abaixo a declaração:

“Eu acho que isso foi meio que mencionado até certo ponto. Tom Payne e eu discutimos sobre isso, e pensamos que eles provavelmente se envolveram romanticamente em algum momento durante o salto temporal de seis anos”, disse o ator.

“Nós não sabíamos exatamente como isso seria, mas meio que fizemos alusões a isso.. Decidimos que isso faria sentido pelos dois serem muito parecidos. E ambos são os recrutadores das suas respectivas comunidades, eles têm muito em comum.”

Marquand ainda afirma que a morte de Jesus e os assassinatos subsequentes de Enid (Katelyn Nacon) e Tara (Alanna Masterson) pelos Sussurradores destruíram o seu personagem.

“Quando ele perde Jesus no cemitério com os Sussurradores, acho que isso o destrói. Porque todo mundo com quem ele se aproxima, acaba morrendo horrivelmente. Mas esta é a série. Você adora assistir a todas as pesaso pensando: ‘Oh, aqui está algum esperança’ e depois ela morrem.”

A 10ª temporada de The Walking Dead estreou dia 6 de outubro, enquanto o seu novo derivado está planejado para sair apenas em 2020.

Este website utiliza cookies