Categorias: Cinema e TV

A história por trás de Smelly Cat, a música de Phoebe em Friends

Qualquer fã de Friends com certeza já ouviu Smelly Cat, a icônica e engraçada música cantada por Phoebe Buffay no show. Mas você já parou para pensar em como essa canção surgiu e foi incorporada na série?

Pois o livro Generation Friends, uma produção feita em homenagem aos 25 anos do show, nos tirou essa dúvida. Em uma das passagens da publicação, o autor da obra Saul Austerlitz conta que a ideia para a música surgiu nos bastidores do episódio “Aquele com o bebê no ônibus”, quando o produtor Adam Chase pensou na possibilidade de Phoebe cantar uma música engraçada chamada “Smelly Cat”.

O nome da canção, portanto, já estava definido, mas os versos que estariam em sua letra ainda precisavam ser escritos. Assim, através de uma colaboração de toda a equipe, a música aos poucos foi surgindo. Jeff Astrof deu a ideia para o verso “What are they feeding you?”, outra pessoa complementou com “It’s not your fault” e logo todos já estavam dando sugestões do que poderia estar na canção.

Depois de toda a música composta, chegou a hora da gravação e foi aí que uma situação inusitada aconteceu. Logo nas primeiras cenas, Lisa Kudrow, a intérprete de Phoebe, se saiu muito bem com a canção, mas na hora do refrão sempre dava ênfase para a palavra “cat” ao invés de “smelly”.

Chase sentia que se Lisa invertesse o destaque da música, o efeito seria muito mais engraçado. E, pensando nisso, tomou coragem e chamou o diretor David Crane de lado para sugeri-lhe a mudança.

Crane não ficou nada feliz com a possibilidade de ter que interromper os takes, aparecer em frente à plateia que estava no estúdio e ainda “corrigir” Kudrow sobre esse detalhe, mas graças a insistência de Jeff, a mudança foi feita.

Depois disso, Smelly Cat ficou hilária, a gravação foi um sucesso e a música virou uma febre.

Provavelmente nem mesmo Adam Chase podia esperar por essa.

Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies