Os piores trailers do Steam Greenlight – Parte 1

Fala, galera, tudo bom com vocês? Como vocês devem saber, eu não gosto tanto assim da falta de critério com a qual a Valve está administrando o Steam Greenlight. Para ajudar um pouco a ilustrar a minha opinião sobre o serviço, eu decidi separar alguns trailers de futuros jogos que poderão ser comprados no Steam, só para vocês verem como tem MUITO, mas MUITO, lixo vindo por aí.

Prontos?

The Eyes

The Eyes é, supostamente, um Survival Horror que está em pre-Alpha, mas tão pre-Alpha, que o inimigo fica tentando te empurrar a canela com a testa antes de decidir te atacar e dar um berro que mais parece parece o de um cara que está prestes a quebrar um bloco de gelo com o cotovelo.

A música também não ajuda muito a criar um clima de horror.

Cat Simulator

Parece que a ideia de fazer simulador de tudo que é merda vai ficar por aqui por um bom tempo ainda, né? Bom, olha o lixo de trailer que Cat Simulator nos traz. Eu não sei se ele está em câmera lenta de propósito ou se o PC que gerou esse vídeo é uma carroça total, mas exemplos melhores de simulador de gatos certamente surgem em qualquer aula de faculdade de introdução à computação gráfica.

Aliás, belo rato bípede.

Island Light

Mais um excelente, só que não, trailer de jogo de sobrevivência com zumbis! A música me faz lembrar aquelas cenas de morte na novela, quando metade do elenco fica de luto e a outra metade fica comentando como o personagem era importante pra trama, e o único momento onde o núcleo pobre e o núcleo rico ficam falando do mesmo assunto.

Como é um jogo desenvolvido por uma produtora russa, eles obviamente usam uma AK! E como o jogo é supostamente um jogo de terror, você ficou morrendo de medo, não ficou? Diz que ficou, diz.

Yes Chefica

Eu não sei o que é pior, a direção de arte que foi conduzida pelo filho de 3 anos do programador ou as pausas no gameplay frenético para introduzir mais texto sobre a história nada interessante de Yes Chefica.

Grass Simulator 2014

Com essa eu me despeço. Todo desenvolvedor que criar um jogo com o nome Simulator tem 99,5% de chance de fazer um game merda. Adivinhe em qual categoria esse está? O pior é que as piadas inseridas entre um trecho de gameplay sem graça e outro não têm a minima graça e só me fazem sentir mais pena de quem cria um jogo assim e de quem se emociona com esse tipo de jogo e vai lá dar dinheiro pra um desenvolvedor preguiçoso que nem se prestou a criar uma ideia minimamente original.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.