Os melhores jogos baseados em quadrinhos/mangás – parte 2

Muito bem, nação gamer. O Critical Hits está de volta com a segunda parte dessa super lista de jogos baseados na leitura de cabeceira de cama de todo ser humano viciado em controles: as histórias em quadrinhos. Espero que gostem. Vamos à leitura!

Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm 2

Na última década o Brasil viveu excelentes, ótimas, boas, ruins e péssimas experiências com a cultura oriental se tratando de mangás, mas claro que o lado ruim da coisa não nos interessa. Entre as boas experiências, uma das maiores delas (e uma das mais bem recebidas por aqui) foi Naruto. Os mangás são publicados desde 1999, porém a primeira vez que a história de Naruto Uzumaki foi impressa na terra do samba, foi em 2007, mas antes disso acontecer, seu anime já rolava em TV fechada desde janeiro do mesmo ano, e desde então tem colecionado um exército de fãs Brasil afora, e claro, que como um grande sucesso oriental não poderia faltar jogos para ele.

Dentre diversos títulos lançados, Ultimate Ninja Storm 2 se destaca, muitas vezes como o predileto entre os fãs. Com gráficos de boa qualidade, um enredo fiel à história e vários cenários épicos da serie e uma excelente jogabilidade, Storm 2 garante seu lugar nessa lista.

The Darkness

Esse título é dedicado a todos os leitores que comentaram na primeira parte do artigo. O jogo é baseado (claro) na historia em quadrinha homônima que conta a história do personagem Jackie Estacado, um “hitman” da máfia sobrinho do “Don Corleone” da máfia na cidade na historia, que em seu 21º aniversário herda o poder da escuridão (The Darkness), e com isso seu tio começa a vê-lo como uma ameaça, e então coloca todos os capangas da cidade na sua captura, e esse é só o começo da história… há muito mais e o Critical Hits indica a leitura.

O jogo da banda desenhada foi lançado em junho de 2007, e conta a história do gibi fielmente. O jogo é apresentado como um FPS e explora muito bem a macabra história e garante horas de diversão. Garantimos que ao final dele, você terá vontade de jogar a continuação. Ah sim, quando jogar, preste atenção na trilha sonora… é de arrepiar!

Dragon Ball Z : Budokai 3

Enfim, Dragon Ball finalmente por aqui. Como um dos maiores mangas e animes de todos os tempos, ele merece ter seu nome destacado nessa lista de jogos baseados em histórias em quadrinhos. Criado por Akira Toriyama, o mundo conheceu Goku em 1986, que só chegou por esses lados em 1997 (o mangá). Antes disso, em 1996, tio Silvio Santos nos apresentou um pequeno personagem com um rabo e que andava em uma nuvem, e esse foi o começo da paixão de milhares de brasileiros pela série, e claro, não podiam faltar jogos e jogos da serie.

Assim como Naruto, Dragon Ball possui diversos títulos que no geral são de luta. Entre todos eles Budokai 3 se destaca muito. Ele trouxe (em minha opinião) a melhor experiência de luta baseada no desenho animado, além de ótimos gráficos e jogabilidade, enfim, o tipo de jogo que faz você ligar o PS2 novamente.

Ultimate Spider Man

Aí está o aranhão que vocês tanto pediram! A linha Ultimate da Marvel veio ao mundo para mostrar ao leitores desse século o que rolava, e como rolavam as aventuras dos super-heróis dos anos 60. Claro que a história é nova, mas claro que há a semelhança e referências aos heróis no estilo “old school”, e claro, esta grande banda desenhada ganhou um jogo homônimo que conta também a história do jovem Peter Parker.

O game é um maravilhoso sandbox que tem seus gráficos baseados nos quadrinhos. Diferente do jogo baseado no filme (Spider Man 2), não é possível comprar novos poderes, então a diversão fica a cargo do “vivendo e aprendendo”. Instale novamente seus vídeo games da ultima geração, e explore Manhattam como o aracnídeo mais querido de todos os tempos. Ah, e de quebra ainda é possível jogar como Venom em algumas missões, não dá pra não se divertir.

Teenage Mutant Ninja Turtles: Turtles in Time

Cowabunga! Sim, elas estão aqui. Se algum infeliz ainda não sabe quem são essas adoráveis criaturas, o Critical Hits fala pra vocês. As Tartarugas Ninjas são um grupo de tartaruguinhas antropomórficas, adolescentes, mutantes e ninjas, que amam Pizza e moram no esgoto! Seu mestre é outro animal antropomórfico, um ratão chamado Mestre Splinter (que aliás é o nome da Chinchila do redator, aqui). Seus nomes são homenagens a grandes artistas renascentistas: Michelangelo, Leonardo, Donatelo e Rafael. Assim como toda história de sucesso, as tartarugas mutantes tem seu algoz demoníaco, o líder de uma gangue ninja chamado destruidor (Shredder). Lançado em 1984 pela Mirage Comics, a carismática história logo ganhou um desenho, e desde então todo bom jovem (gamer ou não) conhece os queridos ninjas.

Claro que esse sucesso não passou despercebido pelas produtoras de games, e desde então toneladas de jogos foram lançados sobre a franquia. Dentre todas elas, destacamos Teenage Mutant Ninja Turtles: Turtles in Time, lançado em 1992 para Sega Mega Drive/Genesis e Super Nintendo. Após cair em uma armadilha do destruidor, as tartarugas devem lutar com o exército de Shredder tanto no passado quanto no futuro. Se você tem esse cartucho em casa, vai lá dar uma jogatina, se não, força no emulador, e boa diversão!

Muito bem, chegamos ao fim de mais uma serie de jogos baseados em histórias em quadrinhos. Se você tem mais alguma dica de jogos que merecem estar aqui, vá aí embaixo e opine, assim quem sabe na próxima edição seu jogo não aparece por aqui, e não esqueça de curtir nossa página no Facebook!

Até a próxima!

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade