Categorias: Artigos

5 tipos de troféus que dão dor de cabeça de obter

Fala pessoal, tudo bem? O que acharam do novo visual do site? De qualquer forma, hoje vamos falar de troféus e conquistas. Mais especificamente, alguns dos tipos de troféus (que vai ser o termo usado daqui pra frente porque sim) que na verdade são uma grande dor de cabeça.

Basicamente, será tipo uma lista de erros que os estúdios cometem quando estão determinando os troféus dos jogos. Talvez para garantir que tudo que foi colocado no jogo seja visto ou para aumentar o tempo que os jogadores passarão no jogo, alguns troféus podem acabar se tornando uma tarefa massante e não divertida.

Muito sigilo

Uma rápida olhada em qualquer lista de troféus vai mostrar que alguns deles são ocultos e só são liberados quando o jogador consegue fazer o que ele pede. Na maioria das vezes, esses troféus são relacionados à história e são sempre liberados, e na verdade só estão ocultos pra não estragar a experiência de alguém que vai dar uma espiada neles antes de terminar o jogo. Porém, em alguns casos, os desenvolvedores resolvem colocar alguns troféus bem complicados como ocultos, fazendo com que seja praticamente impossível desbloquear ele sem uma consulta na internet ou por total sorte. Exemplo? Expert Dyno-Might, em Uncharted: Drake’s Fortune. Para liberar ele o jogador tem que matar 3 inimigos com uma única explosão 5 vezes.

Muita facilidade

Sabe aquelas gincanas da época do colégio, que todo mundo ganhava uma medalha por participação? Então, isso não só cria uma geração de crianças bunda mole como também tira totalmente o valor da medalha, já que todo mundo tem. A mesma coisa é o caso com aquele troféu que o jogador ganha simplesmente por começar o jogo, sem ter feito qualquer esforço ou tarefa específica que realmente tem valor, como um dos jogos do Sly Cooper dá simplesmente por “entrar no mundo de Sly Cooper”. Honestamente: qual o propósito de ter um troféu assim?

Muita perseverança

Em que ponto a busca por um troféu deixa de ser divertida e se torna simplesmente uma prova de paciência e resistência? Eu deixei de ir atrás de troféus que pedem que o jogador faça uma coisa inúmeras vezes ou colete todos os itens no cenário há muito tempo, então pra mim a tolerância é minima. Quando eu vejo um troféu como o Veteran, de Mass Effect 3, que pede que o jogador mate 5 mil inimigos para liberá-lo, sendo que normalmente o pessoal termina a campanha com pouco mais de 2 mil inimigos mortos, eu simplesmente penso que a pessoa tem que realmente amar o jogo pra fazer todo esse esforço.

Pouca coerência

Eu normalmente jogo os jogos na dificuldade normal. Ou seja, quando eu viro, eu desbloqueio o troféu por ter virado no normal E no fácil. Mas vocês sabiam que, por algum motivo, existem jogos que não fazem isso? Kingdom Hearts Final Mix HD é um exemplo. Isso significa que se alguém realmente está atrás de todos os troféus naquele jogo, ele vai precisar virar o jogo pelo menos três vezes, isso se uma nova dificuldade não for desbloqueada quando o jogo for terminado no hard. Burrice né?

Muita firula

Infelizmente, a busca excessiva pelo maior conteúdo nos jogos, principalmente naqueles de mundo aberto, fez com que alguns estúdios entupissem os jogos com mini-games. Não que isso seja uma coisa necessariamente ruim, mas buscando fazer com que o maior número de jogadores usem todo esse conteúdo extra, eles colocam alguns troféus que pedem que os jogadores realmente brinquem com eles. Watch Dogs, um jogo que gira em torno de dirigir, atirar e quebra-cabeças, tem um troféu em que o jogador precisa chegar no nível 10 no “drinking game” contra os três oponentes espalhados pelo mapa. E confiem em mim, isso não é divertido.

Por hoje é isso amigos. Quem aí já viu um troféu mais ou menos parecido com os descritos acima e pensou “não, não tenho paciência”? Eu já fiz isso várias e várias vezes.

Este website utiliza cookies