Categorias: Artigos

5 remakes que ficaram bem melhores que os jogos originais – Parte 2

Fala, galera, tudo bom com vocês? Na lista de hoje, vamos falar um pouco mais sobre aqueles relançamentos que acabam dando tão certo que superam suas versões originais. Aliás, aproveitem esse restinho de férias (principalmente o pessoal de São Paulo) e joguem pelo menos um deles no fim de semana!

Half-Life: Source

Half-Life é um dos maiores marcos na história dos jogos de tiro em primeira pessoa. Como superá-lo? Atualizando o jogo para uma engine nova, desenvolvida pela própria Valve, que dá um sopro de vida a um jogo que infelizmente já começava a mostrar o peso da idade no seu gameplay e nos seus gráficos.

O jogo foi lançado em 2008, mas a Valve tem lançado atualizações para ele até hoje, com novas opções gráficas, melhorias nos mesmos e até suporte ao dispositivo de realidade virtual Oculus Rift, pro caso de você ter um.

Duck Tales Remastered

Duck Tales Remastered pega um jogo que marcou a infância de muita gente e o reconstrói com novos e belos gráficos que mistura imagens de duas dimensões e cenários tridimensionais e ainda preservam a essência desse clássico do NES. Só não espere um jogo fácil

Apesar da história do jogo não ser um dos fortes, o fato de estar em trocentas plataformas disponíveis torna o acesso ao jogo bem mais fácil, e volta e meia ele está em promoção no Steam.

Bionic Commando Rearmed

Quais são as ações tradicionais num jogo de plataforma? Correr, pular e atirar, basicamente, certo? Esqueça isso em Bionic Commando Rearmed, um jogo que funciona da mesma maneira que o seu irmão mais novo de NES funcionava, colocando você num jogo difícil pra caramba onde, para piorar as coisas, você só consegue se locomover entre plataformas usando a garra de Nathan Spencer, personagem principal do jogo.

Para justificar o remake, o jogo ainda conta com conteúdo extra, belos gráficos, achievements e toda aquela roupagem que os jogos da geração anterior ganharam.

NBA Jam: On Fire Edition

Quem aí jogou NBA Jam no Super Nintendo até os dedos fazerem bolha? Eu também, e nada como poder jogar esse clássico de novo no Xbox 360 ou no PS3, certo? O melhor de tudo é que o jogo aproveita a memória “ilimitada” dos consoles da geração passada e traz uma porrada de jogadores a mais, além de alguns extras que não tem a mínima relação com o basquete, como o ex-presidente George W. Bush.

Super Mario All Stars

Fechando a nossa lista de hoje nós temos um clássico do Super Nintendo. Quem aí nunca alugou Super Mario All Stars uma vez na vida? A coletânea contém os três primeiros jogos do Mario pro NES, além de Super Mario World em algumas edições. Como destaque desse cartucho, eu gosto de citar Super Mario Bros. 3, que para mim é o melhor Mario já feito pela Nintendo até hoje.

Discorda? Bom, todos os elementos básicos dos Marios atuais para 3DS, DS e Wii U estão ali. Ok, em versão muito mais simples, mas a Nintendo ainda usa a mesma mecânica que era usada em Super Mario Bros. 3 lá nos anos 80. Se você nunca jogou esse ainda, não perca, vale muito a pena, por mais que seja um jogo dos anos 80 refeito para um console dos anos 90, o jogo envelheceu relativamente bem.

Que outros remakes vocês poderiam indicar?

Gostou? Confira as outras partes:

Parte 1

Este website utiliza cookies