5 diferenças que você não notou entre as diferentes versões de Street Fighter II – parte 2

Fala, galera, beleza? Dando continuidade ao post anterior, temos mais coisas que vocês não notaram entre as várias versões de Street Fighter II. Alguém aí já tinha percebido alguma ou outra que não foi citada aqui? Respondam nos comentários!

1. Mais encapetado do que nunca

Bison foi um personagem que foi sendo alterado constantemente durante a evolução de Street Fighter II. Como podemos notar no começo do post e agora, ele recebeu diversos porta-retratos, até que a Capcom chegasse ao da esquerda e dissesse “ok, é esse mesmo”. O cara tem o queixo de bunda mais mal encarado do videogame ou não tem?

2. Ryu não curte ser 9inho

Para enfrentar um Bison encapetado, nada como um herói com cara de herói, certo? Por isso, juntamente com o jogo, Ryu também ganhou traços mais maduros e sérios. Imagina o pivete da primeira imagem tentando enfrentar o Bison da última? Ia ser uma surra homérica.

3. O camarada fez regime

Mikhail Gorbachov foi o último “presidente” da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas até a cortina de ferro cair na Europa, no ano de 1991. Como o bloco econômico ainda existia quando o jogo foi lançado, Zangief é visitado pelo camarada caso você consiga a proeza de terminar o jogo com ele. Para não fazer feio ao lado do Homem Urso, após a queda do comunismo, Gorbachov deu uma emagrecida e ganhou alguns centímetros entre uma versão e outra.

4. Guile e sua família bizarra

A família de Guile muda drasticamente entre as versões de Street Fighter II. Parece que a mulher dele dá uma rejuvenescida de um jogo para o outro e a filha dele resolve adotar o corte de cabelo que está na moda agora (e que eu tanto abomino): o sidecut. Aliás, a mulher do Guile deve curtir um exercício ou dois pra ombro, olha o tamanho do braço esquerdo dela.

5. Ken e sua cara de estuprador

O que deu no artista da Capcom ao fazer o Ken com aquela cara bizarra no primeiro final dele em Street Fighter II? Parece até que ele vai levar a mulher pra lua de mel e dar umas boas biabas nela em vez de ‘namorarem’. Enfim, que bom que arrumaram isso nas versões seguintes, apesar do herói não estar olhando bem para o rosto da noiva…

Gostou do post? Confira a Parte 1

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade