As 5 armas mais loucas dos jogos

E aí, rapeize, mé que cês tão? Prontos para encher o caneco nesse maravilhoso final de semana? Ou vocês prefere ficar em casa jogando? Pois bem, temos alguns desenvolvedores que curtem bater umas biritas enquanto trabalham e acabam criando armas que que não seguem bem o que chamamos de “bom senso”.

Não é segredo que, conforme os anos passam, a industria dos jogos mostra uma tendência em colocar os jogadores para combater a máquina ou outros jogadores. E onde existe guerra, existem armas. Mas não são todos os desenvolvedores que se preocupam em criar armas reais, que se pareçam com as que são usadas hoje ou mesmo armas que poderiam ser usadas no futuro.

As vezes eles só querem ver o circo pegar fogo da maneira mais bizarra possível. E, embora talvez não sejam as armas mais letais, são com certeza as mais divertidas de se por em combate.

5. Cluckshot (Gears of Wars 3)

Os desenvolvedores de Gears of War tentaram de tudo para superarem seu proprio trabalho ao finalizar a grande trilogia de Gears of Wars. E quando a arma mais famosa do jogo é um rifle-serra-elétrica, eles realmente precisaram se esforçar bastante para conseguir se sobressair. E um jeito de se fazer isso é mudar a munição para galinhas.

O Cluckshot precisa ser liberado depois de uma serie de eventos de Gears of Wars 3 e é essencialmente uma Boomshot Locust que lança… galinhas. Os desenvolvedores nunca se deram ao trabalho de explicar porque as galinhas lançadas são explosivas mas nenhum jogador se incomodou também em perguntar.

Afinal, galinhas explosivas são uma excelente maneira de vencer uma invasão alienígena.

4. Land Shark Gun (Armed and Dangerous)

Considerando o fato de Armed and Dangerous ser uma paródia de videogames e filmes de ação em geral, era meio óbvio que as armas seriam mais uma forma de se satirizar. Enquanto buracos negros e reversores de gravidade são encontrados no jogo, o ouro mesmo está na arma que de tão foda está na capa do jogo.

Ao invés de atirar balas com formatos de tubarão ou mesmo foguetes estilizados, a arma realmente lança um tubarão que mergulha no chão, e nada seu caminho de inimigo a inimigo por debaixo da terra.

Se isso não seria assustador de enfrentar, eu não sei o que seria.

3. Mr.Toots (Red Faction: Armageddon)

A série Red Faction já viu dias melhores, mas os seus produtores nunca perderam o senso de humor.  Adotando o estilo de tiro em terceira pessoa pela maior parte de seu jogo mais recente, uma arma especial foi lançada quando a demo atingiu o numero de 1 milhão de downloads. E que tipo de armas são as mais mortais em Marte? Unicórnios.

Bom, não são todos que imaginam o unicórnio como uma criatura muito mortal, mas o Mr. Toots (uiui que nominho fofo) provou que todos estavam errados. Esse belezinha, que mais parece ter saído de um bom episódio de My Little Pony ganhou esse nome graças ao raio de energia colorido que é disparado de sua bunda. Sim. O bicho dispara um arco-iris da morte pelo toba.

Faz algum sentido? Não. E daí?

2. Dubstep Gun (Saints Row IV)

É bem complicado de se jogar Saints Row IV e não abusar da violência para resolver os conflitos. Mas os desenvolvedores fizeram uma arma que facilita muito a ideia de se pacificar as brigas. E deixar as ruas muito mais maneiras.

Ao invés de lasers, balas ou raios, a Dubstep Gun dispara alguns WUBBLEWUBBLE DROP THE BASS BRAUMMMM WIGGLEBAUNDOWN que obrigam as pessoas a se renderem ao uso das batidas insanas para um flashmob forçado.

Liberar a  Dubstep Gun numa rua cheia de civis acaba gerando um número musical de Footloose – Ritmo Louco em grande escala, com todos em seu alcance sendo incapazes de resistir ao pancadão do dubstep. Não é a arma mais letal, mas definitivamente é uma das armas mais bacanas que esse belíssimo jogo da Voliton tem a nos oferecer.

1. Hand Cannon (Dead Space 2)

O mundo dos jogos está cada vez mais disputados, existem cada vez mais jogos dos mesmos gêneros brigando pela atenção dos jogadores e com isso é normal que alguns desenvolvedores resolvam premiar os jogadores mais leais. No caso de Dead Space 2, os brincalhões que terminarem o jogo na dificuldade Hardcore ganham uma arma digna da loucura do protagonista. Não um lança misseis, ou um canhão… Mas uma uma  mãozona vermelha de espuma com o indicador apontado.

E se você acha que isso não passa de uma brincadeira, é que você ainda não viu ela trabalhando. Sem precisar de munição ou mesmo de ser carregada, ela dispara toda vez que nosso amigo Isaac Clarke diz “pew pew” ou “bang bang” e cada disparo causa um dano ridiculamente alto nos inimigos. Facilmente a arma mais poderosa do jogo, mesmo os inimigos mais amedrontadores são postos em pedaços com poucos tiros.

Uma mistura perfeita de letalidade, humor e imaginação que faz a Hand Cannon ser nossa arma favorita num jogo – que diz ser – de terror.

Essas foram as armas que, embora sejam absurdas mesmo no mundo dos jogos, são certamente as mais legais que fizeram seu caminho destrutivo no mundo virtual, sejam esses mundos sérios ou não.

Se eu esqueci de alguma arma ou se você quer conversar um pouco, nossa área de comentários tá aí pra isso. Até mais!

Tico

Redator eventual, podcaster e negro maravilhoso.