Categorias: Anime

Esta saga de Dragon Ball GT foi tão ruim que até mesmo os produtores do anime se cansaram dela

No post de hoje, falaremos sobre o infame Dragon Ball GT. O anime é famoso por ser muito odiado por seus fãs, apesar de ter sido muito popular na época em que foi exibido. Recentemente, um dos produtores do anime deu uma entrevista comentando sobre Dragon Ball GT, e descobrimos algumas coisas interessantes.

O produtor Kozo Morishita deu uma entrevista sobre Dragon Ball GT para a revista Dragonbook. Durante a entrevista, Morishita foi perguntado sobre a mudança do anime de ser um drama de aventura para um anime focado em batalhas. O produtor disse que a mudança foi feita porque os criadores se cansaram de Goku estar apagado do anime.

“Foi uma mudança natural, ao invés de uma mudança repentina. Quando Goku não é o protagonista, a história fica meio fora de mão, ou talvez eu deveria dizer que fica instável,” explicou Morishita.

“Após aproximadamente 500 episódios na TV e mais de 15 filmes de Dragon Ball, eu posso afirmar que Goku não é um personagem qualquer. Por exemplo, em Dragon Ball Z, quando os episódios que mostravam outros personagens que não fossem Goku lutando, mesmo se os números não sofressem muitos, os espectadores mais jovens perdiam o interesse.

Os adultos assistem pela história, então eles ainda pode gostar de ver como as coisas vão acontecer mesmo se Goku não aparecer, mas as crianças assistem pelos personagens. Por isto Goku precisa aparecer.” Finalizou o produtor.

Este é o motivo por trás da mudança de ritmo em Dragon Ball GT, que iniciou em uma aventura atrás das Esferas do Dragão para fazer Goku voltar a ser adulto e acabou com lutas exageradas e o famoso Super Saiyajin 4.

Este website utiliza cookies