O capítulo mais recente do mangá de One Piece já começou de forma bastante agitada, com uma intensa batalha de Luffy na prisão, que quase resultou na sua fuga. No entanto, as regras para esse tipo de comportamento em Udon são extremamente severas e podem ter sentenciado Luffy à morte.

Durante o calor da batalha o mangá explica que existem três níveis de punição para a regra de responder um dos guardas.

A primeira punição é o “desmembramento dos dois braços”, a segunda é o “desmembramento das pernas”, e por fim a terceira punição por ofensa é a “execução”

Luffy não só respondeu o vice-diretor da prisão como também encaixou um belo chute mesmo estando algemado, o que na teoria provocaria a sua execução imediata.

Após toda essa confusão, Queen chega para fazer o julgamento de Luffy e diz que perdoaria os seus delitos se ele resolver se juntar ao bando de Kaidou, mas o líder dos Piratas do Chapéu de Palha obviamente rejeita.

Ainda não sabemos se sentença de Luffy será executada imediatamente e parece que a sua única chance de sair vivo está nas mãos de Raizo e do misterioso prisioneiro, que na última página do mangá acabou revelando ser Kawamatsu.

No Brasil, o mangá de One Piece é publicado pela Panini, enquanto o anime é exibido pela Crunchyroll. Em agosto deste ano também teremos o lançamento do 20º filme da franquia intitulado, One Piece: Stampede.

Gostou do post? Curta nossa página no Facebook e receba todas as nossas últimas novidades!

Gostou? Compartilhe!


Você já ouviu o Critical Cast dessa semana?