Categorias: Anime

O que aconteceria no universo de Dragon Ball Super caso o Rei Vegeta tivesse sobrevivido ao ataque de Freeza?

Dragon Ball baseia-se fortemente na premissa de que Goku e Vegeta são os únicos que restaram da grande raça guerreira Saiyajin, o que é muito conveniente, diga-se de passagem. Mas o que aconteceria caso o Rei Vegeta tivesse sobrevivido ao ataque de Freeza?

Com toda certeza teríamos uma história completamente diferente. Pra início de conversa, O Rei Vegeta sofreria um bocado após quase morrer em seu confronto com Freeza. Como se isso não bastasse, ele teria ainda que presenciar a extinção de toda a sua raça e aceitar o destino de ser escravo de Freeza ao lado de seu filho, Vegeta.

Isso significa que ele provavelmente teria sido enviado com Vegeta e Nappa para a terra atrás de Goku, e com certeza teria mudado o rumo do confronto. Mesmo unidos, Kuririm, Gohan, Goku e os demais guerreiros não seriam páreo para o Rei dos Saiyajin e seriam derrotados com facilidade. Nappa provavelmente seria poupado, já que o Rei Vegeta convenceria seu filho a manter a vida do seu companheiro devido a escassa quantidade de Saiyajins no universo.

Outra mudança significativa seria no planeta Namek, onde não possuiriam forças suficientes para derrotar Zarbon e seus companheiros. No fim, haveriam grandes chances de que Freeza não fosse impedido de destruir o planeta Namek, reinando assim soberanamente por todo universo.

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Atualmente, a história continua no mangá, além do filme Dragon Ball Super: Broly lançado no começo do ano e também de um novo filme que está em estágio inicial de produção pela Toei.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas, uma ameaça que pode muito bem acabar com o Universo 7 num piscar de olhos.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies