Mangá de Dragon Ball Super esclarece um detalhe sobre o teletransporte de Goku que todo mundo se perguntava

Dragon Ball Super colocou a franquia de Akira Toriyama em novos patamares, seja de ambição das histórias, seja da popularidade de Goku e Vegeta.

Além disso, tanto o anime quanto o mangá serviram para explicar uma série de curiosidades sobre as mais diversas técnicas dos guerreiros.

Uma dessas é o teletransporte, que teve um detalhe muito importante explicado no capítulo que será lançado neste mês no mangá.

Atenção: falaremos sobre spoilers de Dragon Ball Super abaixo. Você foi avisado!

Desde que Goku aprendeu o teletransporte, a vida do Saiyajin ficou muito mais fácil, já que ele não tem mais aquele problema de “se atrasar” para os combates e todos os amigos dele morrerem, como acabou acontecendo em outras sagas do anime, como a dos Saiyajins.

Entretanto, um detalhe interessante dessa técnica é que ninguém até agora fora Goku aprendeu ela, e os três únicos personagens que vimos executando ela até hoje foram Goku Black, Vegetto e Cell.

Pois bem, no capítulo mais recente de Dragon Ball Super, Goku e Vegeta têm seu ki totalmente absorvido por Moro, que mostra como eles foram completamente despreparados para enfrentar esse novo inimigo.

Quando os dois veem que não têm a mínima chance contra esse inimigo, Goku decide fazer o lógico e fugir dele, e eis que ele acaba descobrindo que ele não consegue executar o teletransporte.

De acordo com Goku, ele precisa de uma certa quantidade de ki para conseguir executar o teletransporte, e como ele estava completamente esgotado, ele não conseguiu executar a técnica.

O interessante é que em Dragon Ball GT, Goku conseguia se teletransportar apenas quando estava na forma adulta, o que pode ter sido uma mudança que os produtores fizeram simplesmente para que ele não pudesse viajar instantaneamente pelo espaço atrás das Esferas do Dragão do anime.

O capítulo 46 do mangá de Dragon Ball Super chega às bancas japonesas entre o dia 20 e 22 de março.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.