Anime

Jujutsu Kaisen ultrapassa Demon Slayer e é o mangá mais vendido do ano no Japão

Junto com o sucesso da primeira temporada da sua adaptação em anime, a crescente popularidade de Jujutsu Kaisen também alavancou as vendas do seu mangá, que superou Demon Slayer e se tornou o mangá mais vendido de 2021 no Japão.

Segundo dados da Oricon, entre 23 de novembro de 2020 e 21 de novembro de 2021, a obra de Gege Akutami vendeu mais de 30,9 milhões de cópias físicas, seguido de Demon Slayer com 29,5 milhões, Tokyo Revengers com 24,9 milhões, Attack on Titan com 7,3 milhões e My Hero Academia com 7 milhões fechando o Top 5 (via ANN).

Confira os números exatos abaixo:

  1. Jujutsu Kaisen – 30.917.746 cópias
  2. Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba – 29.511.021 cópias
  3. Tokyo Revengers – 24.981.486 cópias
  4. Attack on Titan – 7.332.398 cópias
  5. My Hero Academia – 7.020.361 cópias

Além disso, a primeira light novel de Jujutsu Kaisen, escrita por Gege Akutami e Ballad Kitaguni, ficou em 15º lugar no ranking de livros da Oricon, vendendo ao todo 259.960 cópias .

Yuji, Megumi e Nobara – Reprodução: Jujutsu Kaisen

E para coroar todo esse sucesso, em 24 de dezembro estreia no Japão Jujutsu Kaisen 0, filme que se passa cerca de 1 ano antes dos eventos do anime e adapta o Volume 0 do mangá. O grande protagonista do longa será Yuta Okkotsu, um dos quatro Feiticeiros classificados como de Grau Especial.

Confira também outras notícias de Jujutsu Kaisen:

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade