Categorias: Anime

Ilustrador de Dragon Ball Super explica as principais dificuldades para imitar o estilo de Akira Toriyama

Na mesma entrevista onde falou sobre o seu primeiro contato com a franquia Dragon Ball e como virou um mangaká, Toyotaro, que atualmente é o ilustrador do mangá de Dragon Ball Super, também explicou como é a experiência de se adaptar o estilo artístico de Akira Toriyama.

A entrevista originalmente está disponível apenas em francês no site Dragon Ball Super: Nouvelle, mas o usuário do Twitter conhecido como @JakIchanDB acabou traduzindo alguns trechos.

“Você pode reconhecer os personagens de Toriyama logo de cara: os olhos, as expressões, os cabelos. O que ele domina com perfeição é a clareza: ele destaca o que é importante em seus quadros. Os personagens são bem destacados no plano de fundo, por exemplo. Então, eu tento ser tão cuidadoso quanto ele nos detalhes.”

Nessa mesma entrevista Toyotaro conta que sempre foi apaixonado pelos personagens de Toriyama, e na época do primeiro anime de Dragon Ball na TV ele tentava desenhar cada personagem depois dos episódios. Mas foi apenas em 2011 que ele resolveu escrever sua primeira história no universo de Dragon Ball, inspirado pelo jogo Dragon Ball Heroes.

Ao levar a história para a Shueisha, os editores gostaram tanto que acabam publicando na V-Jump. Posteriormente, já em 2015, ele acabou recebendo uma oferta da própria Shueisha para ser o ilustrador do mangá de Dragon Ball Super.

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Atualmente, a história continua no mangá, além do filme Dragon Ball Super: Broly lançado no começo do ano e também de um novo filme que está em estágio inicial de produção pela Toei.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies