InícioAnimeTudo sobre a guerra de sangue dos Quincy em Bleach

Tudo sobre a guerra de sangue dos Quincy em Bleach

O universo de Bleach foi abalado pelo surto de uma enorme guerra conhecida como a Guerra de Sangue Quincy. Este conflito eclodiu entre a antiga raça Quincy e os Shinigamis quase dois anos após sua batalha anterior com Sōsuke Aizen ter chegado ao fim.

Desaparecimentos misteriosos e ataques indicavam uma nova ameaça surgindo nas sombras.

Sob a liderança do enigmático Imperador Yhwach, os Quincies lançaram uma invasão surpresa que devastou as defesas da Sociedade das Almas. No caos das primeiras batalhas, os Sternritter exibiram habilidades aparentemente imparáveis que contrariavam as maiores forças dos Shinigamis.

Confira tudo sobre a guerra de sangue dos Quincy em Bleach

Com sua casa sitiada, heróis como Ichigo Kurosaki seriam forçados a alcançar novos níveis de poder apenas para ter uma chance de virar o jogo desta guerra apocalíptica. Enquanto os Quincies buscavam um objetivo secreto sinistro, o destino de todas as dimensões dependeria de um épico confronto final entre as figuras mais lendárias de Bleach.

O Prelúdio da Guerra

Tudo sobre a guerra de sangue dos Quincy em Bleach
Reprodução: Bleach

Tudo começou com uma série misteriosa de eventos que pareciam isolados a princípio. O Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento dos Shinigamis (IPDS) detectou um grande número de Hollows sendo erradicados sem deixar rastros em Hueco Mundo. Enquanto isso, os novos guardiões Shinigamis designados para Karakura Town – Ryūnosuke Yuki e Shino – foram gravemente feridos em um ataque de Hollows anormais. Isso chamou a atenção de Ichigo Kurosaki e seus amigos, que salvaram os guardiões.

Logo depois, um homem estranho chamado Asguiaro Ebern apareceu no quarto de Ichigo, se identificando como um mensageiro. Quando Ichigo o confrontou, Ebern convocou uma besta Quincy, revelando-se como um dos Quincies. A luta deles foi interrompida pela retirada de Ebern. Ao mesmo tempo, na Sociedade das Almas, o comandante-general Genryūsai Shigekuni Yamamoto foi confrontado dentro dos alojamentos da 1ª Divisão por intrusos mascarados declarando guerra.

A Ascensão do Wandenreich

Tudo sobre a guerra de sangue dos Quincy em Bleach
Reprodução: Bleach

Ficou claro que esses eventos faziam parte de um plano maior do Wandenreich, um exército de Quincies liderado pelo Imperador Yhwach. Eles já haviam conquistado Hueco Mundo, aprisionando Tier Harribel e dominando as Terras Hollow.

O Wandenreich então lançou sua primeira invasão à Seireitei. Embora o Gotei 13 tenha lutado bravamente, Yhwach declarou guerra acompanhado pelos poderosos Sternritter. Durante a batalha, o Capitão-Comandante Genryūsai Shigekuni Yamamoto enfrentou Yhwach pessoalmente. Mesmo com suas imensas habilidades de fogo, Yamamoto foi derrotado por Yhwach, infligindo uma perda trágica às forças dos Shinigamis. O Wandenreich recuou temporariamente, mas ficou claro que a Guerra de Sangue Quincy havia apenas começado.

Treinamento e Preparações da Guarda Real

Tudo sobre a guerra de sangue dos Quincy em Bleach
Reprodução: Bleach

Após a invasão inicial do Wandenreich, a Sociedade das Almas ficou abalada por perdas significativas. O Capitão Shunsui Kyōraku sucedeu o Capitão-Comandante Yamamoto e concentrou seus esforços na reconstrução de suas forças. Enquanto isso, Ichigo Kurosaki, Rukia Kuchiki e Renji Abarai foram convocados pela Guarda Real para o Palácio do Rei da Alma para um treinamento especial.

Sob a orientação de Ōetsu Nimaiya, eles ultrapassaram seus limites para compreender completamente o verdadeiro potencial de suas Zanpakutōs. De volta à Seireitei, capitães e tenentes treinaram implacavelmente para fortalecer suas habilidades de kido, hakuda e outras habilidades. Eles estudaram combates passados para desenvolver novas táticas contra os Sternritter. Os Visored também ajudaram o Corpo de Kidō a dominar seus poderes Hollow. Através de esforços compartilhados entre os reinos, o Gotei 13 se preparou para enfrentar a próxima invasão do Wandenreich com maior coordenação e força.

A Segunda Invasão e a Queda do Rei da Alma

Reprodução: Bleach

Com o exército do Wandenreich reabastecido, Yhwach lançou uma segunda invasão em grande escala à Sociedade das Almas. No entanto, as forças do Gotei 13 estavam muito melhor preparadas sob o comando do Capitão-Comandante Shunsui Kyōraku e ofereceram uma defesa impressionante, apesar de a própria Seireitei ter sido substituída pela cidade dos inimigos.

Durante as batalhas que se seguiram, revelações cruciais foram feitas. Descobriu-se que Uryū Ishida estava sendo preparado como o sucessor de Yhwach, muito para a consternação dos Sternritter. Mais importante ainda, Yhwach executou seu verdadeiro objetivo: viajar para o Palácio do Rei da Alma para absorver os poderes enigmáticos do Rei da Alma para si mesmo.

Este ato permitiu a Yhwach um controle completo sobre todo o multiverso de Bleach. Isso forçou Ichigo e sua companhia a viajar para o reino dos Royals drasticamente alterado pelo Rei da Alma para enfrentar Yhwach e sua elite, a guarda Schutzstaffel, no auge de sua força.

Confrontos Finais e o Fim da Guerra

Reprodução: Bleach

Ao chegar no recém-remodelado Palácio do Rei da Alma, agora conhecido como Wahrwelt, criado por Yhwach após absorver o Rei da Alma, o Gotei 13 e seus aliados travaram batalhas climáticas contra os elite Sternritter conhecidos como a Schutzstaffel. Kenpachi Zaraki lutou contra Gerard Valkyrie várias vezes, eventualmente derrotando-o com a ajuda de Toshiro Hitsugaya e Byakuya Kuchiki após Gerard ativar seu Vollständig e cortar o braço de Kenpachi.

Shunsui Kyoraku também enfrentou Lille Barro várias vezes, mas só conseguiu derrotá-lo com a ajuda de sua tenente Nanao Ise, que desbloqueou o Shikai de sua Zanpakutō para derrotar a forma avançada de Lille. Pernida Parnkgjas foi revelado como a mão esquerda do Rei da Alma e lutou contra Mayuri Kurotsuchi e Nemu Kurotsuchi, com Nemu se sacrificando para finalmente destruir Pernida.

No final, tudo se resumiu a duas batalhas climáticas entre Ichigo Kurosaki e Yhwach. Em sua segunda luta, Uryu Ishida ajudou a enfraquecer temporariamente Yhwach usando o poder das Flechas de Prata Estagnadas. Isso permitiu que Ichigo desse o golpe final e derrotasse Yhwach de uma vez por todas, alcançando novos patamares de poder com a ajuda de suas habilidades Fullbringer e Quincy. Isso encerrou a guerra Quincy-Shinigami com a vitória do Gotei 13 e seus aliados.

Na esteira da guerra, a Sociedade das Almas começou a se reconstruir enquanto Ichigo e seus amigos voltavam às suas vidas normais. Mas o legado da Guerra de Sangue Quincy está eternamente gravado na história de Bleach como o arco de história mais expansivo que desafiou tudo o que os fãs pensavam que sabiam sobre a série. Sua escala massiva e altas apostas a transformaram em uma maneira perfeita para o criador Tite Kubo encerrar seu mangá de longa data em um status lendário.

Bleach é um mangá e anime criado por Tite Kubo, tendo sido publicado entre 2001 e 2016, encerrando sua história em 366 capítulos.

No mundo de Bleach, conhecemos as aventuras de Ichigo Kurosaki, um jovem que ganha poderes de Ceifador de Almas após salvar Rukia Kuchiki.

Com os seus novos poderes, Ichigo é forçado a assumir o dever de guiar almas boas ao mundo pós-vida à Soul Society, e derrotar os Hollows (monstros espirituais malignos) que tentam devorá-las.

Atualmente, o arco final de Bleach está sendo produzido e exibido em partes no Japão. No Brasil, é possível assistir ao anime no Star Plus.

Nessa temporada final, Ichigo e seus amigos enfrentam Yhwach e os Sterniritters, e precisam salvar a Soul Society e o mundo todo da maior ameaça de todas, enquanto Ichigo continua descobrindo sobre o próprio passado.

No post de hoje, vimos tudo sobre a Guerra dos Quincy em Bleach.

Valteci Junior
Valteci Juniorhttp://criticalhits.com.br
Fã obcecado de Souls-like e curto uns FPS e animes