Fãs japoneses elegem os 15 heróis mais fortes dos animes e Goku, de Dragon Ball Super, fica de fora da lista

O Japão tem um impacto cultural bastante forte no ocidente graças aos seus animes e mangás, e a demografia shonen (ou seja, animes e mangás para fãs ainda não adultos) é o que mais faz sucesso tanto por aqui quanto por lá.

Ainda que o Shonen seja uma demografia, boa parte dos animes e mangás que compõem essa demografia são do gênero “de lutinha”, ou seja, com combates e personagens cada vez mais fortes.

Você provavelmente já participou de uma discussão sobre quem é o personagem mais forte de todos os tempos, e é provável que o nome de Goku tenha entrado nessa discussão por causa do sucesso que Dragon Ball Z e Dragon Ball Super fazem por aqui, mas você sabia que o nosso saiyajin favorito não ficou entre os 15 mais no Japão?

Recentemente, foi feita uma pesquisa sobre quem é o personagem mais forte de todos, e um Top 15 foi publicado.

Além de Goku não aparecer, outra surpresa é que apenas uma personagem feminina está na lista, Lina Inverse de Slayers.

E para completar, Saitama obviamente foi escolhido como personagem mais forte segundo os japoneses, e Luffy está na terceira colocação.

Abaixo, vocês conferem a lista completa:

  1. Saitama – One-Punch Man
  2. Koro-sensei – Assassination Classroom
  3. Monkey D. Luffy – One Piece
  4. Kusuo Saiki – The Disastrous Life of Saiki K.
  5. Rimuru Tempest – That Time I Got Reincarnated as a Slime
  6. Gintoki Sakata – Gintama
  7. Hozuki – Hozuki’s Coolheadedness
  8. Tatsuya Shiba – The Irregular at Magic High School
  9. Sebastian Michaelis – Black Butler
  10. Jotaro Kujo – JoJo’s Bizarre Adventure
  11. Alucard – Hellsing Ultimate
  12. Kenshin Himura – Rurouni Kenshin
  13. Meliodas – The Seven Deadly Sins
  14. Lina Inverse – Slayers
  15. Shigeo “Mob” Kageyama – Mob Psycho 100

O que vocês acharam desse Top 15? Deixem seus comentários!

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.