Fã de Naruto recria uma das capas mais icônicas do mangá com o visual do final da história

Recomeçar aquela sua série favorita depois de já ter chego ao último episódio poder ser uma experiência interessante, capaz de te fazer perceber novos detalhes e de encher o seu coração com nostalgia. Afinal de contas, saber o final da jornada torna a viagem muito mais confortável, te dando tempo de aproveitar outros aspectos que você talvez não tenha se dado conta antes.

Pois isso, é natural que os fãs de Naruto Shippuden gostem tanto de mesclar material da fase clássica com a fase Shippuden, como é o caso de @NireFuster, que resolveu reimaginar uma das capaz mais icônicas do mangá, só que com o visual dos personagens totalmente atualizado.

O que mais chama atenção comparando as duas imagens é perceber como Masashi Kishimoto foi realmente capaz de nos contar uma história de crescimento, com Naruto, Sakura e Sasuke se desenvolvendo bem debaixo dos nossos olhos, e em muitos casos, ao mesmo tempo que a maioria de nós.

Mesmo assim, ressalto que eu gostava muito mais do visual da Sakura quando ela tinha o cabelo comprido.

Confira também:

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017, contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime conta com 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), finalizando a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi e preparando o terreno para a continuação direta da história.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, juntamente com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

João Víctor Sartor

João Víctor Balestrin Sartor é colaborador e sex-symbol do Critical Hits. Admirador das boas histórias, almeja de verdade escrever um livro algum dia. Divide seu tempo entre à leitura, jogatina, trabalho, engenharia e quando sobra tempo, vive.