Categorias: Anime

Fã convida atleta profissional para testar se a famosa corridinha Naruto é realmente mais rápida

Naruto Shippuden é uma das obras shonen mais famosas dos últimos tempos e sua temática de ninjas cativou milhões de fãs ao redor do mundo.

Um dos detalhes mais marcantes da obra são os ninjas, suas armas e suas técnicas, mas também aquela famosa corridinha com os braços pra trás que ninguém sabe ao certo de onde Masashi Kishimoto tirou e, enquanto alguns dizem que este tipo de corrida é mais rápido, há outros que dizem que não, mas qual versão é a verdadeira? A famosa corridinha Naruto ou correr normal?

O canal Because Science foi tirar a prova ao convidar a medalhista Jeneba Tarmoh para testar se a tão famosa Corridinha Naruto é melhor ou não que uma corrida normal e o resultado pode ser visto abaixo:

A dupla realizou dois testes: correr 50m normalmente e correr os mesmo 50m com os braços para trás e a conclusão foi que a corridinha do Naruto não é melhor que uma corrida normal.

Além de serem 3% mais lentos (um número bastante baixo), ambos concordaram que correr desta forma não foi nada agradável e o risco de se machucar era bastante alto pois o centro de gravidade do corpo estava totalmente desproporcional. Além disso, ambos concordaram que realizar tal corrida os deixou muito mais cansados.

Sendo assim, a Corridinha Naruto não é tão boa quanto as pessoas pensam.

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017, contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime conta com 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), finalizando a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi e preparando o terreno para a continuação direta da história.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, juntamente com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies