Este é um dos jutsus mais subestimados no universo de Naruto Shippuden

Uma miríade de jutsus são utilizados e esquecidos em Naruto a cada capítulo e episódio. As razões são várias, mas principalmente porque acompanhamos de perto apenas alguns personagens e cada um tem suas técnicas favoritas. E entre essas técnicas existem as que são superestimadas e subestimadas.

Esse efeito ocorre principalmente nas técnicas utilizadas no começo da obra de Masashi Kishimoto, que foram substituídas por jutsus mais visualmente interessantes ou que tiveram sua efetividade alterada para melhor funcionar na hitória.

Mesmo o jutsu de Clones das Sombra de Naruto tem poucos usos interessantes nas mãos do protagonista por causa de seu abuso constante, por exemplo.

Uma técnica extremamente subestimada e que foi pouco utilizada apesar de seu imenso potencial como ferramenta ninja é o Jutsu de Personificação (Shōten no Jutsu). 

Com essa técnica, Pain podia pegar uma parte do chakra de um indivíduo e aplicar em um sacrifício humano, que se torna numa cópia exata do indivíduo.

Não só a aparência é alterada, como todas as habilidades desse indivíduo são passadas para esse novo “clone”, incluindo a capacidade de batalha e estilo de luta, assim como kekkei genkai, ou seja, um “clone” de Itachi teria acesso ao Mangekyou Sharingan de Itachi.

Com essa técnica, qualquer um poderia ter um exército de ninjas extremamente especializados – embora descartáveis, uma vez que o “clone” morre quando as reservas de chakra acabam.

Nagato fez um “clone” de Kisame utilizando o corpo de um civil sem nenhum treinamento ninja, utilizando apenas 30% do chakra do Espadachim e acabou criando uma ameaça que obrigou Might Guy a abrir Sete Portões no campo de batalha.

Não se sabe muitas informações sobre essa técnica, inclusive é possível que ela só seja executável através dos poderes do Rinengan, mas também é possível que seja apenas uma técnica proibida por causa da exigência de um sacrifício humano.

Pain só utilizou essa técnica duas vezes, criando “clones” de Itachi e Kisame para ganhar tempo e impedir os times Kakashi e Guy de chegar a tempo para influenciar na extração de Shukaku.

Mas é o tipo de técnica que poderia ser utilizado mais vezes e que alteraria o rumo de batalhas e guerras.

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017, contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime conta com 500 episódios, finalizando a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi e preparando o terreno para a continuação direta da história.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, juntamente com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Tico

Redator eventual, podcaster e negro maravilhoso.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade