Categorias: Anime

Este é o Top 10 definitivo de vilões de Naruto Shippuden

Sendo uma das séries mais amadas (e longas) da história dos anime, Naruto acabou tendo diversos vilões em diversos arcos. E embora a maioria tenha sido esquecida no meio de fillers e sagas menos interessantes, alguns surgiram e marcaram nossas memórias para sempre.

10 – Konan

Uma das fundadoras da Akatsuki, Konan não parecia ser uma ninja especialmente poderosa com seu jutsus baseados em manipular papel – mas tudo fica mais perigoso quando nos lembramos que ninjas podem transformar papéis em pergaminhos que podem fazer várias coisas, incluindo explodir.

Mas apesar de incrivelmente poderosa, o mais interessante de Konan é sua trágica história que a colocou com vilã mesmo ela não sendo uma pessoa ruim – sendo um produto das guerras e do problemático mundo Shinobi.

09 – Zabuza e Haku

Definitivamente os mais fracos da lista, essa dupla é certamente uma das mais queridas. Os primeiros vilões de verdade da série, que davam a sensação de problema até mesmo para o até então inabalável Kakashi Hatake.

O ANBU da Vila da Névoa e seu aprendiz andrógeno tinham habilidades diferenciadas, histórias interessantes e uma incrível relação de amor entre dois personagens que começaram a ideia de que o mundo de Naruto não é sempre preto e branco.

08 – Kaguya Otsutsuki

Dos menos poderosos passamos para a mais poderosa. Kaguya Otsutsuki é a vilã final de Naruto Shippuden, a pessoa responsável pela criação do chakra e, indiretamente, das Bestas com Cauda.

Sua mera existência deu forma ao mundo shinobi como conhecemos e sua força de vontade fez nascer o Zetsu Negro, criatura que desde os tempos imemoriais manipula o mundo para poder ressuscitar sua mãe.

A história de Kaguya é infinitamente mais interessante que a personagem, que quando apareceu tinha poucos traços de personalidade por trás do imensurável poder.

07 – Orochimaru

Um dos maiores ninjas de seu tempo e um dos mais poderosos que já apareceram na série, Orochimaru era uma ameaça desde a série clássica e jamais teve seu nível completamente superado, sua presença tão importante que foi revivido até de um ataque impossível de ser resolvido.

Um dos objetivos do vilão é atingir a imortalidade e já começamos Naruto com ele basicamente tendo conseguido isso, o que é impressionante. Sua natureza quase inocente, apesar de sádica, fez inclusive com que ele fosse “perdoado” em Boruto: Naruto Next Generations, em troca de usar suas habilidades em prol da Vila da Folha.

06 – Kabuto

Kabuto, assim como Orochimaru, tinha tudo para ser esquecido na série clássica como apenas um capanga de Orochimaru, mas eventualmente sua personalidade e poderes foram desenvolvidos, com a participação dele sendo essencial para a Quarta Guerra Mundial Ninja.

Kabuto se tornou tão poderoso, ultrapassando até mesmo seu mestre Orochimaru, que os criadores da série precisaram inventar (mais) uma habilidade completamente overpower no Sharingan para derrotá-lo.

Assim como Orochimaru, Kabuto se tornou muito menos perigoso após ser derrotado, passando a assumir um orfanato para guiar crianças desamparadas igual ele havia sido antes.

05 – Madara Uchiha

Tido por todos como a “ameaça final” de Naruto Shippuden até a revelação final de Kaguya, Madara foi um dos personagens mais influentes do mundo shinobi. Sua fama era tanta que, mesmo antes dele aparecer nas telas, muitos fãs já sabiam da existência do ancião Uchiha.

E quando ele finalmente apareceu, nem mesmo os Cinco Kages, vivos ou mortos, puderam fazer frente a ele, que unia um imenso poder poucas vezes visto e um intelecto ainda maior.

Mas a parte mais interessante de Madara , e também a razão pelo qual ele se tornou tão poderoso e orquestrou todos os eventos da forma como fez, foi sua ideologia. No final das contas, Madara queria salvar o mundo a sua maneira e isso era tão importante que ele literalmente se recusou a morrer.

04 – Obito Uchiha

Essa lista é composta por vários Uchiha, todos com uma trágica vida que os levaram a cometer as atrocidades que cometeram, mas provavelmente ninguém teve uma história tão trágica quanto Obito.

Toda sua vida se perdeu em um curto período de tempo, em situações terríveis onde ele viu o amor de sua vida sendo morta por seu melhor amigo em decorrência de uma manipulação de eventos causada por Madara.

Todo seu sofrimento foi orquestrado por maestria por Madara e Zetsu, que queriam transformar Obito num soldado perfeito para a execução do plano deles – e eles conseguiram.

E quando ele resgatou sua consciência e decidiu fazer o bem para tentar desfazer um pouco do mal que causou e impedir a destruição do mundo, ele foi novamente traído e causou sem querer a ressurreição verdadeira de Madara.

Obito era um dos espelhos de Naruto, uma amostra do que poderia acontecer com o protagonista caso ele se rendesse ao ódio e sua história foi perfeitamente executada.

Ajuda o fato dele ter sido incrivelmente poderoso por si só e ter sido responsável pela segunda melhor luta do anime, em seu combate contra Kakashi Hatake durante a Quarta Guerra Mundial Ninja.

03 – Zetsu Negro

O verdadeiro mastermind que, durante séculos, influenciou o mundo ninja para que pudesse ressuscitar sua mãe, Kaguya Otsutsuki, enganando até mesmo Madara Uchiha, assim como o restante do clã, ao adulterar a Tabuleta de Pedra escrita por Hagoromo Otsutsuki.

Ao contrário dos outros vilões daqui, que possuiam imensa força e eram uma ameaça física aos protagonistas, Zetsu Negro era uma força maquiavélica que movia as cordas por detrás dos panos para chegar em seus objetivos, engambelando algumas das maiores mentes da história para conseguir seus objetivos.

A parte ruim do Zetsu Negro foi que a revelação de sua verdadeira natureza veio tarde demais, de maneira que toda sua vilanice parecesse menos autêntica e mais como um plot twist do final de Naruto Shippuden.

02 – Itachi Uchiha

Não se deixem enganar pelas “boas motivações” de Itachi Uchiha. Este é um homem que acreditou que seus princípios eram tão verdadeiros e seu amor pelo irmão mais novo era tão forte que valia a pena matar todos os seus outros familiares e o restante do seu clã (a maioria civis) a sangue frio.

O plano de Itachi consistia em fazer Sasuke odiá-lo e derrotá-lo, se tornando um herói para Konoha e limpando o nome Uchiha, mas seu método para isso foi o mais brutal e cruel possível, envolvendo torturas psicológicas tão extremas que o irmão mais novo entrou num caminho quase inescapável de ódio e escuridão.

Mesmo a revelação de suas intenções não devem amenizar os crimes hediondos que esse Uchiha cometeu.

01 – Pain

Na maioria das boas histórias com vilões e mocinhos, um bom vilão é considerado uma parte do herói. Uma reflexão do mocinho. Uma versão contrária de sua ideologia ou como ele seria se a história fosse um pouco mais cruel. Pense no Batman e na sua galeria de vilões, como cada um dos clássicos como Coringa, Espantalho e Bane representam alguma parte da psique do homem morcego.

Com Naruto não foi muito diferente. Os desafios que Naruto enfrentava eram muitas vezes ideológicos. Cada embate que Naruto vencia o transformava em um ninja mais forte, sim, mas também o transformava em um ninja mais confiante em suas convicções.

Mesmo adversários que não eram vilões tinham esse efeito, como na clássica batalha entre Naruto e Neji nos Exames Chunin.

Mas mesmo quando Naruto enfrentava inimigos mais fortes que ele, sua ideologia era o que o motivava e o levava a atingir novos níveis. Sua convicção de que ele resolveria todos os problemas e se tornaria um Hokage para melhorar a vida de todos era o que guiava seus incansáveis esforços.

Então Pain apareceu. Não apenas ele era um rival a altura do imenso poder de Naruto, como ele foi o primeiro rival ideológico que venceu Naruto. Pain fez um questionamento que Naruto não pode responder. E foi nesse exato momento que Nagato venceu o combate.

Pela primeira vez na série, vimos Naruto derrotado de verdade. Não desacordado ou sem força física para seguir lutando. Mas derrotado moralmente, sem uma resposta a questão que fortalecia Pain.

Tanto que, quando Hinata interferiu para salvar Naruto e Pain a atacou fatalmente, Naruto não se ergueu para enfrentá-lo, mas apenas cedeu completamente ao ódio da Besta com Cauda que vivia dentro de si.

Essa é a resposta quando não há resposta. A ignorância dá lugar ao medo e o medo, ao ódio. Naruto, que até então tinha praticamente dominado a influência de Kurama em seu coração, se deixou dominar completamente – chegando ao ponto de liberar todas as Nove Caudas da Besta em um ataque de fúria nunca antes vista.

Não fosse a interferência literalmente espiritual do pai de Naruto, que colocou um pouco de ordem na cabeça do garoto, Pain teria vencido o duelo ou a Besta teria destruído mais ainda o Pais do Fogo, com as mortes que aconteceram sendo irreversíveis.

Ao ser derrotado em seu ideal, Naruto se tornou o monstro que todos julgavam que ele fosse. E esse efeito devastador foi causado por Pain. Um espelho de Naruto.

O resultado de alguém que foi amaldiçoado com um poder imensurável e uma vida trágica, mas que cedeu a dor e decidiu que todos também deveriam sentir.

Naruto é Nagato, assim como Naruto foi Gaara e foi Obito. E isso é o que deixa Pain tão interessante como vilão.

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017, contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime conta com 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), finalizando a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi e preparando o terreno para a continuação direta da história.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, juntamente com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies