Categorias: Anime

Este é o motivo pelo qual Obito não ficou cego de tanto usar o Mangekyo Sharingan em Naruto Shippuden

Todo Uchiha que desperta o Mangekyo Sharingan se vê em maus lençóis ao perceber que seus olhos “perdem um pouco da sua luz”, toda vez que ele utiliza suas poderosas habilidades visuais. Para conter a cegueira, é necessário então “roubar” os olhos de outro Uchiha, o que gerava uma série de problemas dentro do clã, como você pode bem imaginar.

Porém, ao contrário de todos, Obito Uchiha não parecia ter este tipo de problema enquanto usava o Kamui, habilidade de alternar entre dimensões conferida pelo seu Mangekyo Sharingan. Mas seria isso um furo no roteiro, ou este fato é explicado dentro do enredo?

Nem um, nem outro. Não é um furo de roteiro, mas também não é explicado dentro de Naruto Shippuden. O que acontece é que Obito tem seus olhos regenerados constantemente pela presença de grandes quantidades de células Hashirama em seu corpo. Ou seja, toda vez que o uso de seu Magekyo Sharingan causa danos aos seus olhos, as células de Hashirama prontamente recuperam os tecidos danificados, assim como são capazes de fazer com qualquer outra parte do corpo de Obito.

Sendo assim, este é o motivo pelo qual ele poderia utilizar o Mangekyo Sharingan à todo momento, sem ter que se preocupar em arranjar um par de olhos extras.

Confira também:

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017, contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime conta com 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), finalizando a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi e preparando o terreno para a continuação direta da história.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, juntamente com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies